Connect with us

Nossa Região

Rodízio de veículos em Campinas é adiado até passar pela Câmara

Portal Hortolândia

Publicado

em

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, anunciou durante live, na manhã desta sexta-feira, dia 15 de maio, que o decreto que estabelece regime emergencial de restrição de circulação no município, o chamado “rodízio”, será transformado em projeto de lei e enviado para discussão na Câmara de Vereadores. “Tenho certeza que a Casa de Leis irá realizar um amplo debate com a sociedade e compreender a importância da implantação desta medida”, enfatizou o prefeito.

Desta forma, o rodízio não terá validade a partir da próxima segunda-feira, dia 18 de maio; e a implantação ocorrerá depois da devida tramitação e transformação em lei. O rodízio é uma medida inédita na história do município; e uma importante ação da Administração municipal para aumentar o isolamento social e restringir a circulação de pessoas pelas vias, por conta do avanço da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Também diminuir a acidentalidade, poupando a ocupação de leitos hospitalares.

“São duas grandes benesses, uma importante medida neste momento de contenção do avanço da pandemia”, disse o secretário de Transportes e presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), Carlos José Barreiro.

“Nós estamos elaborando regras pertinentes, pensando em impactar, o menos possível, a vida das pessoas. Em um dia da semana, quem realmente precisa, ficará sem poder utilizar seu veículo. Precisamos de toda ajuda e compreensão da população, para aumentar o isolamento social e conter a pandemia”, explicou o prefeito Jonas Donizette.

Regramento

As regras e detalhamento do projeto de lei do rodízio foram definidas na tarde de quinta-feira, 14 de maio, em ação conjunta entre a Emdec e a secretaria de Assuntos Jurídicos. Pelo projeto de lei, o rodízio será válido para carros e motos com placas da cidade e, também, de outras localidades.

O rodízio de circulação de veículos ocorrerá de segunda a sexta-feira, das 7h até as 19h, sem interrupção, em toda a área urbana do município; e não afeta a circulação nas rodovias. A adoção será por tempo indeterminado e a restrição de circulação será efetuada pelo final da placa do veículo.

Proibição de circulação:

  • Segundas-feiras: placas final 1 e 2.
  • Terças-feiras: placas final 3 e 4.
  • Quartas-feiras: placas final 5 e 6.
  • Quintas-feiras: placas final 7 e 8.
  • Sextas-feiras: placas final 9 e 0.

“Com a medida, pretendemos diminuir, em cerca de 20%, a circulação diária de veículos nas vias urbanas do nosso município. Campinas tem quase 1 milhão de veículos registrados; e recebe em torno de 200 a 250 mil veículos de outras localidades, diariamente. Estamos prevendo uma redução diária de circulação na ordem de 200 mil a 250 mil veículos”, avalia o secretário Barreiro.

O rodízio não é válido para sábados, domingos, feriados e pontes de feriados. Estão liberados para circulação todos os tipos de ônibus (sistema de transporte público coletivo municipal, intermunicipal, rodoviário, fretamento, etc.); caminhões; táxi; veículos de transporte por aplicativos devidamente cadastrados na Emdec; e veículos de transporte escolar. Veículos oficiais e viaturas, como de polícia, salvamento, socorro, fiscalização de trânsito e prestadores de serviço de utilidade pública já estão contemplados pela livre circulação, desde que devidamente sinalizados.

Também ficam excluídos da restrição de circulação as pessoas com deficiência e com doenças crônicas, que necessitem de acompanhamento continuado, como tratamento de quimioterapia, radioterapia ou hemodiálise. E as pessoas que as transportem.

Mais exclusões

Também haverá exclusão do rodízio para profissionais das seguintes áreas: serviços da área da saúde, farmacêutica e correlatos; serviços de entrega de mercadorias e correspondência; empresas com contratos para execução de obras públicas; comércio de alimentos; órgãos e serviços públicos municipais, estaduais e federais; serviços de limpeza pública urbana e correlatos; construção civil; manutenção predial; veterinárias e atendimento pet; transporte de valores, escolta armada e segurança privada, autorizados pela Polícia Federal; e imprensa.

A exclusão vale para os veículos diretamente ligados aos serviços, como também para os veículos utilizados para o deslocamento dos profissionais para as atividades de trabalho.

Cadastro

O cadastro de situações excepcionais deve ser realizado pelo aplicativo para celular da Emdec. O aplicativo foi lançado no último dia 5 de maio; e reúne os principais serviços da Emdec ofertados à população. O aplicativo pode ser instalado em celulares com sistema IOS ou Android.

O aplicativo tem um “botão” específico para o cadastro. Será necessário informar o nome, CPF, endereço, profissão, e-mail e o motivo da exclusão. O cadastro é efetuado de forma rápida e a resposta é imediata.

Fiscalização

A fiscalização do cumprimento do novo regramento será efetuada pelos cerca de 400 agentes da Mobilidade Urbana da Emdec (em campo e na Divisão de Controle Operacional); pelos pontos de fiscalização eletrônica (radares de velocidade / avanço sinal vermelho); e pelas câmeras de monitoramento do município.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o desrespeito ao rodízio de veículos é considerado uma infração do tipo “Média”, punido com quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e multa no valor de R$ 130,16.

“Nossa intenção não é de punir ninguém. Queremos que, neste momento, as pessoas fiquem em casa, respeitando a determinação de isolamento social. É um momento de conscientização, responsabilidade e de atitude de respeito à vida. Nossa e das outras pessoas”, argumenta Barreiro.

Transporte público

A frota diária circulante do sistema de transporte público coletivo municipal será ampliada, para atender as necessidades de deslocamentos de pessoas que trabalham em áreas essenciais. Mas a Emdec reforça que, neste período de quarentena, os ônibus, terminais urbanos e pontos de embarque sejam utilizados somente pelos usuários do transporte coletivo que necessitem realizar algum deslocamento essencial; e com o uso obrigatório da máscara de proteção em todo o trajeto. É essencial que a pessoa já saia de casa com a máscara.

A frota de ônibus em operação é dimensionada a partir da avaliação técnica, diária e em tempo real, da demanda de passageiros. A programação de horários sofrerá ajustes pontuais, dependendo da análise individual de cada região, linha e horário.

O usuário pode saber, em tempo real, o momento da chegada do ônibus no ponto utilizando o aplicativo “Busão na Hora”. Mesmo em momento tão adverso, a Administração municipal realiza um enorme esforço para oferecer à população que necessita, um transporte público coletivo adequado.

Nossa Região

Campinas anuncia reabertura de comércio com restrições na segunda, dia 8

Portal Hortolândia

Publicado

em

13 de maio campinas

A Prefeitura de Campinas anunciou, durante transmissão ao vivo na manhã desta quinta-feira, 4 de junho, a reabertura, com restrições, de comércio de rua, prestadores de serviços, shoppings, escritórios, igrejas e templos religiosos a partir de segunda-feira, 8 de junho, por meio do programa “Volta Responsável”. O decreto foi publicado no Diário Oficial nesta quinta-feira, 4 de junho, e vale a partir do dia 8. “Os estabelecimentos devem reabrir com responsabilidade e segurança e seguir todas as normas sanitárias e os horários estipulados”, disse o prefeito Jonas Donizette.

O comércio de rua, que inclui galerias e similares, poderá abrir das 12h às 16h, atendendo com 20% da capacidade. Os shoppings centers poderão funcionar das 16h às 20h, com 20% da capacidade. Mesmo dentro dos shoppings, ainda não poderão funcionar praças de alimentação, cinemas, teatros, academias, salões de beleza e serviços de valet.

Igrejas e templos poderão funcionar, com 20% da capacidade, por quatro horas, mas o horário poderá ser estipulado por cada um. Eventos religiosos, culturais e educativos, como escolas bíblicas ou festas juninas, por exemplo, estão vetados. Está proibida a participação de pessoas com mais de 60 anos e/ou com doenças crônicas. 

Escritórios, como os de advocacia, contabilidade, imobiliárias, engenharia, arquitetura e turismo, por exemplo, podem funcionar por quatro horas seguidas e atender com 20% da capacidade. 

Os estabelecimentos autorizados a retomar as atividades com público devem seguir todas as medidas sanitárias para garantir a higiene, evitar aglomeração de pessoas para combater a disseminação do coronavírus, como manter distância de, no mínimo, 1,5 metro entre as pessoas; disponibilizar álcool em gel; marcar o distanciamento no solo; exigir o uso de máscaras por funcionários e clientes e dispensar do trabalho in loco funcionários com possíveis sintomas, que tenham doenças crônicas e/ou mais de 60 anos.

Quem não cumprir as regras poderá ser multado em 400 UFICs, o equivalente a R$ 1.446, 44. Em caso de reincidência, o valor da multa será dobrado. Na terceira autuação, o estabelecimento ficará fechado até o fim da quarentena.

Os estabelecimentos devem emitir, gratuitamente, a Declaração de Estabelecimento Responsável, um certificado de responsabilidade que deve ser solicitado online, após inscrição e rápida capacitação, pelo portal da Prefeitura no https://ead-covid19.campinas.sp.gov.br/ .

O prefeito Jonas Donizette disse que até a sexta-feira da próxima semana, 12 de junho, avaliará se a cidade terá condições de manter, ampliar ou recuar, caso necessário, da reabertura dos serviços.

Continue Lendo

Nossa Região

Campinas é eleita como a cidade mais inteligente do Brasil

Portal Hortolândia

Publicado

em

A cidade de Campinas (SP) foi eleita pelo Ranking Connected Smart Cities como a cidade mais inteligente do Brasil em 2019. A posição do município, segundo a organização do ranking, só foi possível pela presença de universidades, parques científicos e tecnológicos e institutos de pesquisa na região. A Unicamp é destacada principalmente pela contribuição da Agência de Inovação (Inova) e pelo projeto do Hub Internacional para o Desenvolvimento Sustentável (HIDS), do qual é uma das instituições responsáveis.

Para o diretor-executivo da Inova, Newton Frateschi, e para o diretor-executivo de Planejamento Integrado da Unicamp, Marco Aurélio Pinheiro Lima, o papel da Universidade é ainda mais amplo, na medida em que a Unicamp possui excelência na formação de qualidade de profissionais.

Newton observa que, nas empresas instaladas na região, encontram-se sempre profissionais formados na Unicamp. “Se você olhar para as empresas, pequenas e grandes, você vai encontrar pessoas formadas na Unicamp. Essas pessoas levam o conhecimento com elas e elas começam e ser influenciadoras. Então acabam se formando ações entre empresas e Universidade, trocas entre pesquisadores, professores e profissionais das empresas, além do licenciamento de tecnologias e formação de novas empresas”, afirma.

Assim como o diretor da Inova, Marco Aurélio avalia que Unicamp contribui para o ranking atuando naquilo que ela saber fazer melhor: formar pessoas capazes de atuar no desenvolvimento tecnológico. “Como a Unicamp entra nesse assunto? Formando gente criativa capaz de fazer esse tipo de desenvolvimento. Inúmeras empresas que nasceram de alunos da Unicamp estão ao redor da Unicamp ou dentro da Unicamp. Isso é a universidade entregando para a sociedade pessoas capazes de fazer desenvolvimento. Não tenho dúvida nenhuma que essa é a maior contribuição da Unicamp”, observa.

O ranking

O Ranking Connected Smart Cities é realizado desde 2015 pela Urban Systems em parceria com a Necta, classificando as cidades brasileiras de mais de 50 mil habitantes que possuam grande potencial de desenvolvimento. A classificação é realizada a partir de 11 eixos temáticos: tecnologia e inovação, mobilidade, empreendedorismo, governança, segurança, urbanismo, meio ambiente, economia, energia, saúde e educação. Campinas obteve a primeira posição em Tecnologia e Inovação e a segunda posição em Empreendedorismo, sendo considerada a cidade mais inteligente em 2019. Em 2018, a cidade obteve o 4º lugar.

Para conferir o artigo na integra clique aqui

Continue Lendo

Nossa Região

Massa de ar frio pode trazer chuva para a região a partir de terça (02)

Portal Hortolândia

Publicado

em

A RMC amanheceu sob céu claro. A temperatura mínima registrada pelo CEPAGRI foi de 10ºC às 7h. A previsão para hoje é de predomínio de sol, com um aumento de nebulosidade a partir da tarde. A temperatura máxima prevista é de 26ºC.

A previsão para a terça-feira é de céu parcialmente nublado, passando a nublado a partir da tarde. Há chances de chuva a partir do anoitecer, esperadas na forma de pancadas isoladas, que podem ser localmente fortes. A temperatura mínima está prevista em 13ºC e a máxima em 23ºC.

A tendência para a quarta-feira é de céu parcialmente nublado a nublado, com chances de chuva na madrugada. As temperaturas ficam entre 15 e 24ºC. Entre quinta e sexta-feira, os indicativos são de céu parcialmente nublado a nublado, e temperaturas entre 15 e 25ºC.

No sábado, é esperada a passagem de uma nova frente fria, que deve trazer chuvas e provocar a queda nas temperaturas a partir do domingo.

Continue Lendo