Connect with us
Publicidade


São Paulo

Após três dias em Fase Vermelha, estado de SP volta à Amarela

Redação

Publicado

em

Após três dias na Fase 1-Vermelha do Plano São Paulo, onde somente podiam ser abertos os serviços considerados essenciais, a maior parte do estado de São Paulo volta, a partir de hoje (4), para a Fase 3-Amarela. A exceção é para a região de Presidente Prudente, que vai permanecer na Fase 1-Vermelha.

A medida vale, pelo menos, até o dia 7 de janeiro, quando o governo estadual deve anunciar uma nova classificação do Plano São Paulo. O governo já anunciou que nenhuma região do estado vai evoluir para a Fase 4-Verde em janeiro.

Restrições
Por causa do grande aumento no número de casos, internações e mortes provocadas pelo novo coronavírus no mês de dezembro, o governo de São Paulo determinou que todos os 645 municípios do estado voltassem para a Fase Vermelha, a mais restritiva, entre os dias 25 e 27 de dezembro e entre os dias 1º e 3 de janeiro. Mas nem todos os municípios do estado respeitaram a determinação, permitindo a abertura do comércio e de serviços considerados não essenciais. Além disso, parte da população do estado também não respeitou a regra e promoveu ou participou de aglomerações em praias e até festas clandestinas no período.

Na Fase 1-Vermelha do Plano São Paulo só podem funcionar os serviços considerados essenciais nas áreas de abastecimento, segurança, transporte e saúde, como mercados, farmácias, postos de combustível, padarias e lavanderias. Já a Fase Amarela permite a reabertura de shoppings, bares, comércio de rua, academias, restaurantes, concessionárias, escritórios, eventos culturais e salões de beleza, mas com limite de 40% de sua capacidade e com horário de funcionamento restrito.

O Plano São Paulo é dividido em cinco fases, que vão do nível máximo de restrição de atividades não essenciais (Vermelho) a etapas identificadas como controle (Laranja), flexibilização (Amarelo), abertura parcial (Verde) e normal controlado (Azul). O plano divide o estado em regiões e cada uma delas é classificada em uma fase, dependendo de fatores como a capacidade do sistema de saúde e a evolução da epidemia.

Fonte Agência Brasil EBC

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

São Paulo

Governo de SP inicia vacinação contra coronavírus no interior

Redação

Publicado

em

Por

Cerca de 60 mil profissionais que atuam em hospitais serão imunizados

Serão vacinados cerca de 60 mil profissionais que atuam nos cinco hospitais-escola selecionados. Foram enviadas 4,4 mil doses da vacina desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac, em parceria com o Instituto Butantan, para que a vacinação comece ainda hoje.

Segundo o governo estadual, os trabalhadores do Complexo do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, na capital paulista, já começaram a tomar o imunizante desde as 7h de hoje. A aplicação da vacina começou ontem, logo depois da aprovação pela Anvisa. Ontem, foram vacinadas 112 pessoas.

“Estamos distribuindo as grades de vacinas e insumos com muita agilidade, graças ao planejamento e mobilização das equipes. Há cerca de três meses temos nos dedicado a organizar a campanha, que agora começa com a priorização dos nossos heróis da saúde”, disse o secretário de Saúde, Jean Gorinchteyn.

De acordo com o governo estadual as vacinas e insumos serão enviados a partir de amanhã para os polos regionais, que farão a redistribuição para as prefeituras. A prioridade é que sejam vacinados antes os profissionais de saúde que atuam no combate à pandemia e também os povos indígenas.

Fonte Agência Brasil EBC

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

São Paulo

Governo lança site Vacina Já para pré-cadastro da imunização contra COVID-19

Portal Hortolândia

Publicado

em

O Governo de São Paulo lançou neste domingo (17) o site www.vacinaja.sp.gov.br para agilizar a campanha de vacinação contra o COVID-19 no estado.

Nele, todas as pessoas aptas a receber a vacina do Butantan podem fazer um pré-cadastro. Nesta primeira etapa, o grupo prioritário é formado por profissionais de saúde e indígenas.

O pré-cadastro não é um agendamento, mas vai garantir um atendimento mais rápido nos locais de vacinação e evitar a formação de aglomerações. O fornecimento das informações é opcional, mas a participação de cada um vai ajudar toda a sociedade.

Quem não conseguir fazer o pré-cadastro não precisa se preocupar, pois a vacinação também será feita sem ele. Apenas será necessário fazer o cadastro completo na unidade de vacinação. A maior parte dos profissionais de saúde vai receber a vacina nos seus locais de trabalho.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

São Paulo

10 regiões ficam na fase Laranja do Plano SP

Redação

Publicado

em

Por

Dez regiões estão na fase Laranja do Plano SP de retomada da economia. Seis regiões ficam na Fase amarela e 1 na fase vermelha.

O anuncio da reclassificação das fases foi feito no inicia da tarde desta sexta-feira(15) pelo Governo do estado de São Paulo.

A região de Campinas (SP) se mantém na fase amarela enquanto a região de Marília ficará na fase Vermelha.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Noticias

Publicidade

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares