Connect with us
Publicidade

São Paulo

Governo destina R$ 17,3 milhões a 46 cidades para combater enchentes

Portal Hortolândia

Publicado

em

Recursos serão utilizados para a construção de pontes, travessias, galerias de águas pluviais e muros de contenção, além de reparos

O Governador em exercício Rodrigo Garcia anunciou nesta quinta-feira (11) um pacote de investimento de R$ 17,3 milhões em convênios com 46 cidades paulistas para obras preventivas e recuperativas contra enchentes.

Os recursos serão destinados para a construção de pontes, travessias, galerias de águas pluviais e muros de contenção para prevenir danos causados pelas chuvas, além de recuperar os estragos provocados pelas chuvas do início do ano.

“São obras que a Defesa Civil do Estado identificou como prioritárias. A partir de agora, os convênios são assinados com os prefeitos e as Prefeituras licitam e executam as obras. São obras de médio e pequeno porte, que entre três a nove meses estarão prontas e vão beneficiar a população”, afirmou Garcia.

O evento foi realizado no Palácio dos Bandeirantes e teve a participação dos Secretários da Casa Militar e Defesa Civil e de Desenvolvimento Regional, Coronel Walter Nyakas Junior e Marco Vinholi, respectivamente.

O total destes convênios assinados nesta quinta é maior do que o investimento feito por meio de parcerias com a mesma finalidade nos últimos três anos – um total de R$ 15,5 milhões de 2016 a 2018. A Defesa Civil do Estado já destinou R$ 21,9 milhões para a gestão de riscos e de desastres em 2019, por meio de obras preventivas e recuperativas.

As autorizações para os convênios assinadas nesta quinta incluem as seguintes cidades: Apiaí (R$ 242,7 mil), Álvares Machado (R$ 524,5 mil), Anhumas (R$ 709,1 mil), Araçatuba (R$ 322,2 mil), Avaí (R$ 371,6 mil), Bady Bassitt (R$ 430,9 mil), Barra do Chapéu (R$ 545,7 mil), Bilac (R$ 355,9 mil), Caiabu (R$ 688,1 mil), Caiuá (R$ 849,6 mil), Campos do Jordão (R$ 260,5 mil), Dolcinópolis (R$ 246,8 mil), Eldorado (R$ 299,7 mil), Floreal (R$ 210,7 mil), Gália (R$ 192 mil), Gastão Vidigal (R$ 30,2 mil), Glicério (R$ 93,1 mil), Iracemápolis (R$ 312,3 mil), Ibiúna (R$ 273,9 mil), Itápolis (R$ 450 mil), Itararé (R$ 420,4 mil), Jacupiranga (R$ 594,9 mil), Lavrinhas (R$ 296,3 mil), Macaubal (R$ 423,6 mil), Macedônia (R$ 199,6 mil), Mairinque (R$ 454,8 mil), Marabá Paulista (R$ 454,4 mil), Marinópolis (R$ 245,5 mil), Murutinga do Sul (R$ 228,7 mil), Natividade da Serra (R$ 252,4 mil), Nova Castilho (R$ 279,5 mil), Paraibuna (R$ 559,4 mil), Paranapuã (R$ 241,1 mil), Paulicéia (R$ 544,9 mil), Piacatu (R$ 595,9 mil), Piracaia (R$ 492,6 mil), Pompeia (R$ 223,6 mil), Presidente Bernardes (R$ 732,5 mil), Presidente Venceslau (R$ 615,9 mil), Quintana (R$ 456,7 mil), Salesópolis (R$ 154,2 mil), São José da Bela Vista (R$ 389,3 mil), Santa Cruz da Esperança (R$ 195,2 mil), Serra Azul (R$ 26,1 mil), Silveiras (R$ 201,5 mil) e Valparaíso (R$ 624,3 mil).

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

São Paulo

Poupatempo entrega mais de 120 mil documentos em dez dias

Portal Hortolândia

Publicado

em

Desde o dia 20 de julho, o Poupatempo, em parceria com o Detran.SP, iniciou uma ação para enviar documentos – RG e CNH – que ficaram retidos nos postos e não puderam ser entregues por causa da pandemia e suspensão dos atendimentos presenciais.

Em dez dias, foram postados pelos Correios, sem nenhum custo para os cidadãos, 100 mil RGs e 22 mil CNHs. Com essa medida, o Poupatempo pretende entregar 195 mil documentos em todo Estado (130 mil RGs e 65 mil CNHs).

De acordo com o diretor da Prodesp, Murilo Macedo, o objetivo é oferecer mais facilidade para a população e evitar aglomerações futuras, quando as unidades forem reabertas.

“Com a entrega dos documentos pelos Correios, o cidadão não precisa se preocupar em ir até o Poupatempo ou Detran para retirar seu RG ou sua CNH, garantindo assim mais conforto e segurança à população, neste momento em que o isolamento social é a principal arma que temos contra o vírus”, afirma.

A entrega dos documentos está sendo feita em etapas, nos endereços de cadastro dos usuários. Quem não receber o documento até 10/08, pode entrar em contato com o Poupatempo pelo portal (www.poupatempo.sp.gov.br), no Fale Conosco.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

São Paulo

Testagem em massa avança em presídios do estado

Portal Hortolândia

Publicado

em

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) está dando continuidade à testagem em massa de servidores e presos sob custódia da Pasta. Após o bem-sucedido piloto na Penitenciária II de Sorocaba, que ocorreu em junho, agora outras 26 unidades passam pelos testes.

Os exames em presídios fazem parte do programa de testagem em massa do Governo do Estado de São Paulo em populações vulneráveis, incluindo-se aí, as pessoas privadas de liberdade.

As unidades prisionais foram inseridas num cronograma técnico elaborado por órgãos de saúde. A iniciativa é fruto de ações conjuntas entre as Secretarias da Administração Penitenciária, da Saúde e de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo, por meio do Instituto Butantan e do Centro Paula Souza.

A testagem teve continuidade no último dia 2/07, com a participação de unidades localizadas na capital paulista, Grande SP e Litoral Sul. Nesta primeira fase, serão contemplados 26 presídios instalados na capital, Santo André, Franco da Rocha, Osasco, Taiúva, Guareí, Irapuru, Pacaembu, Praia Grande, Presidente Prudente, Presidente Venceslau, Araçatuba, Mairinque, Casa Branca, Sorocaba, Americana, Campinas, Hortolândia e Capela do Alto.

Os presos com resultado positivo no Teste Rápido (que identifica a presença de anticorpos no organismo testado) terão coletado material para análise laboratorial do teste RT-PCR (que detecta a presença de vírus no organismo). Deste balanço, não houve qualquer internação hospitalar, todos estavam assintomáticos e com boa saúde.

Crédito das fotos: Caio Daniel/Divulgação SAP

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

São Paulo

São Paulo não terá Reveillon na Paulista

Portal Hortolândia

Publicado

em

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), anunciou em coletiva no começo da tarde desta sexta-feira(17) que não haverá a tradicional festa de Réveillon da Paulista. A decisão se dá por conta do novo coronavírus e o risco de transmissão da doença que a aglomeração pode provocar.

“Hoje, a gente anuncia que nós também não teremos o réveillon na Paulista nessa virada de ano de 2020 para 2021. Tanto a prefeitura, quanto o governo do estado de são Paulo, os técnicos da vigilância sanitária e do governo do estado entendem muito temerário nós organizarmos um evento para um milhão de pessoas na Avenida Paulista para dezembro deste ano”, disse Bruno.

Com relação ao Carnaval 2021, Bruno Covas informou que a festa será adiada, e que mantem conversa com as escolas de samba. Uma nova data para o carnaval 2021 dependerá do enfrentamento ao novo Coronavírus.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Populares