Connect with us

São Paulo

São Paulo anuncia programa ‘Merenda em Casa’ para 700 mil alunos

Portal Hortolândia

Publicado

em

O Governador João Doria anunciou nesta quarta-feira (25) o lançamento do programa Merenda em Casa, que vai ofertar a alimentação para 700 mil estudantes matriculados na rede estadual de São Paulo. O valor do investimento é de R$ 40,5 milhões por mês e chegará a mais de 20% dos 3,5 milhões de alunos da rede

A iniciativa, de caráter emergencial, ocorre em virtude da suspensão das aulas em todas as 5,4 mil escolas da rede estadual de São Paulo desde segunda-feira (23), como forma de conter a propagação do novo coronavírus.

“A medida vai perdurar enquanto as aulas estiverem suspensas. É uma medida protetiva, de atenção às famílias e às crianças mais vulneráveis do nosso Estado. O valor é suficiente para comprar uma cesta básica”, afirmou Doria.

Serão beneficiados os estudantes cujas famílias recebem o Bolsa Família, bem como aqueles que vivem em condição de extrema pobreza, de acordo com o Cadastro Único do Governo Federal.

O valor de R$ 55 por estudante será disponibilizado às famílias para a compra de alimentos a partir de abril. Os repasses serão oferecidos enquanto as aulas seguirem suspensas nas escolas.

“Além de um direito, a merenda escolar é uma garantia de capacidade para o pleno desenvolvimento dos estudantes”, disse o Secretário de Estado da Educação, Rossieli Soares.

Repasse

Para identificar os alunos, haverá um cruzamento de dados entre as bases da Secretaria de Estado da Educação e da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social. Dessa forma, as duas pastas poderão identificar alunos em extrema pobreza inseridos no Cadastro Único, sejam eles beneficiários do Bolsa Família ou não.

O montante será repassado pela Secretaria da Educação para a Secretaria de Desenvolvimento Social, que, por sua vez, fará o repasse às famílias. “Essa ação vai evitar, por exemplo, que um aluno que ainda não tenha CPF e seu responsável indicado na matrícula na rede estadual não esteja inserido no Cadastro Único deixe de ser beneficiado”, explicou Rossieli Soares.

Com o pagamento do auxílio, o Governo de São Paulo quer garantir que os alunos mais vulneráveis, que se alimentam diariamente das refeições servidas nas escolas, não fiquem desassistidos.

A Secretaria de Estado da Educação, em parceria com a União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), estuda uma alternativa de aproveitar os alimentos perecíveis destinados para a merenda que estão estocados nas escolas.

São Paulo

Governo de SP prorroga isolamento social para o dia 22 de abril

Redação

Publicado

em

Por

O Governador do Estado de São Paulo anunciou no começo da tarde desta segunda-feira(6) a ampliação da quarentena do estado para até o dia 22 de abril. A medida segue sem flexibilizações, e foi tomada para conter o avanço do coronavírus no estado.

A medida deve ser seguida por todas as cidades do estado de São Paulo. Os comércios considerados não essenciais devem continuar sem atendimento ao público.

MORTE POR CORONAVÍRUS NO ESTADO DE SÃO PAULO

O Estado de São Paulo registrou neste domingo (5) um total de 275 óbitos pelo novo coronavírus. Os números significam um aumento de 180% em comparação ao balanço do dia 29 de março, quando eram 98 vítimas fatais por COVID-19. Já o número de casos confirmados pela doença chegou a 4.620.

Continue Lendo

São Paulo

SP registra 275 mortes pelo novo coronavírus

Redação

Publicado

em

Por

A região da Grande São Paulo tem o maior número de mortes; em uma semana houve um crescimento de 180%; Dória anuncia nesta segunda se a quarentena continua.

O Estado de São Paulo registrou neste domingo (5) um total de 275 óbitos pelo novo coronavírus. Os números significam um aumento de 180% em comparação ao balanço do dia 29 de março, quando eram 98 vítimas fatais por COVID-19. Já o número de casos confirmados pela doença chegou a 4.620.

Os óbitos concentram-se em 33 cidades, com maior número na Grande São Paulo. Apesar disso, crescem os números no interior do Estado. Hoje, houve confirmação da primeira morte em Bauru. Também há pelo menos uma vítima fatal nas regiões de Araçatuba, Ribeirão Preto, Campinas, Baixada Santista, Presidente Prudente e Sorocaba.

Os municípios e respectivos números de mortes são: São Paulo (220), Guarulhos (5), São Bernardo do Campo (5), Campinas (4), Santo André (3), Cotia (3), Osasco (3), Taboão das Serra (3). Americana, Mairiporã, Santos e Sorocaba têm duas mortes cada. Há ainda um óbito confirmado em cada cidade a seguir: Arujá, Barueri, Bauru, Caieiras, Carapicuíba, Cravinhos, Diadema, Dracena, Embu das Artes, Francisco Morato, Franco da Rocha, Itapecerica da Serra, Itapevi, Jaboticabal, Mogi das Cruzes, Nova Odessa, Penápolis, Ribeirão Preto, São Caetano do Sul, São Sebastião e Vargem Grande Paulista.

As 275 vítimas somam 157 homens e 118 mulheres. Do total, 236 tinham idade igual ou superior 60 anos. As demais incluem pessoas com menos de 60 com comorbidades que, assim como os idosos, representam grupo mais vulnerável a complicações da COVID-19.

Confira abaixo os casos confirmados por município:

Município casos
AGUAS DE LINDOIA 1
AGUDOS 1
AMERICANA 3
ARARAQUARA 2
ARCATUBA 4
ARUJA 6
ASSIS 1
Atibaia 4
BARUERI 30
BAURU 3
BOTUCATU 7
BRODOWSKI 1
CACHOEIRA PAULISTA 1
Caieiras 20
CAJAMAR 1
CAMPINAS 26
CARAPICUIBA 14
Cedral 1
Cotia 29
CRAVINHOS 2
Diadema 24
DRACENA 1
Embu das Artes 20
Ferraz de Vasconcelos 15
Franca 2
Francisco Morato 8
FRANCO DA ROCHA 8
GUARARAPES 2
GUARUJA 3
Guarulhos 62
HORTOLANDIA 1
Indaiatuba 2
IPATINGA 1
IRACEMAPOLIS 1
ITANHAEM 2
ITAPECERICA DA SERRA 9
ITAPETININGA 1
Itapevi 8
Itapira 1
ITAQUAQUECETUBA 10
ITARARE 1
ITU 1
ITUPEVA 1
JABOTICABAL 3
JAGUARIUNA 1
JANDIRA 2
JAU 1
JOSE BONIFACIO 1
JUNDIAI 6
LENCOIS PAULISTA 1
LIMEIRA 2
LOUVEIRA 1
MAIRIPORA 5
MARILIA 1
MATAO 2
MAUA 16
MOGI DAS CRUZES 17
MOGI GUACU 1
NOVA ODESSA 1
ORLANDIA 1
Osasco 69
PARIQUERA ACU 1
PAULINIA 2
PENAPOLIS 1
PIRACICABA 6
PIRAJUI 1
Pitanga 1
POA 3
Praia Grande 4
PROMISSAO 1
RIBEIRAO PIRES 4
RIBEIRAO PRETO 25
RIO CLARO 2
Salto de Pirapora 1
Santa Branca 2
SANTA ISABEL 1
SANTANA DE PARNAIBA 24
SANTO ANDRE 72
Santos 72
SAO BERNARDO DO CAMPO 81
SAO CAETANO DO SUL 38
SÃO JOSE DO RIO PARDO 1
SAO JOSE DO RIO PRETO 10
SAO JOSE DOS CAMPOS 30
SAO MANUEL 1
SAO PAULO 3612
SAO SEBASTIAO 3
SAO VICENTE 5
SOROCABA 9
Suzano 9
TABOAO DA SERRA 41
TATUI 1
TAUBATE 1
TERRA ROXA 1
VALINHOS 3
VARGEM GRANDE PAULISTA 4
VINHEDO 1
Votorantim 2
VOTUPORANGA 1
OUTRO ESTADO 32
Outro Pais 34
Não identificado 5
Total 4.620

Dados atualizados em 5 de abril, 16h

Continue Lendo

São Paulo

SP registra 208 óbitos de coronavírus após força-tarefa para diagnósticos

Redação

Publicado

em

Por

Ação da Secretaria de Estado da Saúde zera os óbitos que estavam no banco de amostras do Instituto Adolfo Lutz

O Estado de São Paulo registra nesta quinta-feira (2) 208 óbitos relacionados ao novo coronavírus. Os dados são resultado de uma força-tarefa da Secretaria de Estado da Saúde para diagnosticar todos os óbitos considerados suspeitos que estavam no Instituto Adolfo Lutz.

Das 201 amostras, 93 já tiveram o diagnóstico concluído e entre elas 20 foram consideradas positivas para COVID-19. O processamento das demais amostras está em fase final e os resultados serão divulgados amanhã (3). Estes resultados serão comunicados as unidades e municípios notificantes e inseridos em sistema oficial.

Os óbitos concentram-se em 21 cidades, sendo que 5 delas registram o primeiro óbito, são elas: São Vicente e Praia Grande, na Baixada Santista, e Francisco Morato, Itaquaquecetuba e Arujá, na Grande São Paulo.

Assim, salta para 21 o número de municípios com mortes pela doença: São Paulo, Guarulhos, Osasco, Embu das Artes, Ribeirão Preto, Santo André, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo, Sorocaba, Taboão da Serra, Campinas, Caieiras, Suzano, São Sebastião, Vargem Grande Paulista, Cotia, São Vicente, Praia Grande, Suzano, Itaquaquecetuba e Cotia.

O total soma 117 homens e 91 mulheres. O Estado tem também 3.506 casos confirmados.

Continue Lendo