Connect with us

Economia

Brasileiros aprendem com a crise e mantém hábitos para poupar em 2018

Portal Hortolândia

Publicado

em

Em tempos de dificuldades financeiras, a frase “eu sou brasileiro e não desisto nunca”, faz todo sentido no atual cenário do País. E, provando que o povo brasileiro é valente, uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), constatou que em 2018, 83% das pessoas desejam manter os hábitos adquiridos durante o período de crise.

Os dados da pesquisa ainda revelam que 42% dos entrevistados estão tranquilos, por não estourarem o orçamento familiar. Outros 36% comemoram o fato de conseguirem se manter com o essencial. Já em relação a não poder comprar determinados produtos, 32% mencionam suas frustrações. Também há aqueles que desejam comprar algo e não podem, totalizando 31% dos entrevistados. E, o constrangimento por não poder dar aquilo que a família precisa atinge 21%, ou seja, um em cada cinco consumidores.

Diante do cenário complexo vivenciado por todos nos últimos anos, a maioria dos entrevistados afirmou que pretende manter os hábitos adquiridos nesse período, chegando ao número expressivo de 83%; apenas 8% disseram que abandonariam tais hábitos, caso as coisas melhorem. Vale lembrar que as atitudes conquistadas dizem respeito a maior controle do orçamento familiar, economia de dinheiro, controle do impulso por compras, aquisição de bens essenciais, melhores escolhas na hora de comprar, dentre outros hábitos.

PRECAUÇÕES EM RELAÇÃO AO FUTURO

Os números revelam que boa parte dos entrevistados encaram o esforço realizado como sendo bastante positivo. E, preferem continuar equilibrando as finanças, visando um futuro mais tranquilo e próspero. Dentre as opções para poupar dinheiro, o consórcio se destaca consideravelmente.

Para o gerente administrativo do Valor Consórcios, Vinícius Basile, o segmento foi um dos que mais cresceu nos últimos anos. “O setor movimentou R$ 101,47 bilhões em créditos, comercializados no ano de 2017 e houve um aumento de 21% em relação ao ano anterior. E, a procura por pessoas que desejam fazer do consórcio, uma poupança, é enorme. A maioria dos nossos clientes chega aqui e utilizam justamente esta palavra, poupança”, comenta.

O especialista ainda informou que parte dos consorciados escolhem essa prática, em função do pequeno valor da taxa de administração. “Se compararmos o valor da taxa administrativa, com empréstimos bancários, por exemplo, observamos uma grande vantagem na opção pelo consórcio, já que o valor é bem mais em conta. Além disso, há muitas pessoas que desejam ter uma reserva financeira, caso tenham que enfrentar momentos difíceis. Podemos dizer que o consórcio já se consagrou, literalmente, como uma poupança para os consorciados”, finaliza.

Outras informações sobre consórcios podem ser obtidas através do site www.consorciovalor.com.br

Economia

Petrobras reduz preço da gasolina, do diesel e do gás de cozinha

Portal Hortolândia

Publicado

em

gasolina

A Petrobras anunciou, nesta quarta-feira (18), a redução nos preços do litro da gasolina, em 12%, do diesel, em 7,5% e do gás de cozinha (GLP), em 5%. Os valores referem-se aos produtos vendido pelas refinarias da estatal e valerão a partir desta quinta-feira (19).

Os valores finais aos motoristas dependerão de cada posto e distribuidor de GLP, que acrescem impostos, taxas, custos com mão de obra. Além disso, o mercado brasileiro é baseado na livre concorrência, fazendo com que cada empresa cobre o que achar melhor, segundo explica a Petrobras.

“Os preços para a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras têm como base o preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais destes produtos mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias, por exemplo. A paridade é necessária porque o mercado brasileiro de combustíveis é aberto à livre concorrência, dando às distribuidoras a alternativa de importar os produtos. Além disso, o preço considera uma margem que cobre os riscos (como volatilidade do câmbio e dos preços).”

De acordo com pesquisa semanal da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), entre os dias 8 e 14 de março, os preços médios ao consumidor no país para a gasolina era de R$ 4,515. Para o diesel, o preço médio era de R$ 3,618. E para o GLP, botijão de 13kg, R$ 69,98.

A Petrobras lembra também que a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras são diferentes dos produtos no posto de combustíveis. São os combustíveis tipo “A”, ou seja, gasolina antes da sua combinação com o etanol e diesel também sem adição de biodiesel.

Os produtos vendidos nas bombas ao consumidor final são formados a partir do tipo “A” misturados a biocombustíveis.

Continue Lendo

Economia

Preço da gasolina nas refinarias cai 9,5% e do diesel, 6,5%

Portal Hortolândia

Publicado

em

gasolina

A crise econômica mundial causada pela pandemia do novo coronavírus e a disputa entre Rússia e Arábia Saudita sobre o nível de produção do petróleo fizeram baixar o preço dos combustíveis nas refinarias da Petrobras. Segundo a estatal, a gasolina teve redução de 9,5% e o diesel, de 6,5%. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (12).

Os novos preços estarão em vigor a partir desta sexta-feira (13) nas vendas às distribuidoras, mas os valores finais aos motoristas dependerão de cada posto, que acrescem impostos, taxas e custos com mão de obra. Além disso, o mercado brasileiro é baseado na livre concorrência, fazendo com que cada empresa cobre o que achar melhor, segundo explica a Petrobras.

“Os preços para a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras têm como base o preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais destes produtos mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias, por exemplo. A paridade é necessária porque o mercado brasileiro de combustíveis é aberto à livre concorrência, dando às distribuidoras a alternativa de importar os produtos. Além disso, o preço considera uma margem que cobre os riscos 9como volatilidade do câmbio e dos preços).”

De acordo com pesquisa semanal da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), entre os dias 1º e 7 de março, o preço médio ao consumidor no país, para a gasolina, era de R$ 4,531. Para o diesel, o preço médio era de R$ 3,661.

fonte ebc

Continue Lendo

Economia

ITAU lançou o ITI, app de pagamento instantâneo

Portal Hortolândia

Publicado

em

Além de ser uma forma instantânea de pagamento, o Iti Itaú também possibilita que você realize transferências para qualquer pessoa da sua lista de contatos, realizando o pagamento via cartão de crédito de qualquer banco ou com o saldo disponível na própria conta do Iti.

Outra vantagem do aplicativo é sua gratuidade: o Iti não possui nenhum tipo de anuidade e pode ser utilizado por qualquer pessoa física ou jurídica, portanto sendo uma boa opção para quem quer uma conta para gerenciar o próprio negócio. Além disso, você não precisa abrir uma conta no Itaú para usar o aplicativo: basta seguir os passos a seguir.

Como abrir uma conta digital no Iti Itaú

A seguir, vamos explicar o passo a passo para se cadastrar e usar o app para fazer e receber pagamentos diretamente no seu smartphone. Lembrando que não é preciso ter uma conta no Itaú para fazer uso da novidade.

Como abrir sua conta digital

Passo 1: antes de tudo, é preciso pesquisar o aplicativo na loja e fazer a instalação, que é gratuita. Ao abrir a aplicação pela primeira vez, deslize as telas de introdução para a esquerda ou selecionar “pular”, no canto inferior esquerdo. Então, basta clicar em “Criar cadastro.”

Passo 2: agora, é hora de escolher se você deseja uma conta pessoal ou corporativa. Então, preencha os dados necessários (nome completo, CPF, endereço, renda, e-mail, etc.) e faça o envio de uma selfie.

Passo 3: após fazer o cadastro, toque em “Entrar” e faça o login na sua conta. Caso você tenha a opção, também é possível habilitar o acesso rápido a partir do leitor de digital ou de rosto no seu smartphone.

Passo 4: agora que você já realizou o cadastro, é possível depositar dinheiro na conta digital criada. Para isso, é possível gerar um boleto para pagamento ou realizar uma transferência. Além disso, aproveite para cadastrar seus cartões de crédito para utilizá-los em futuros pagamentos.

Pronto, sua conta foi criada! A partir de agora você já pode pagar pessoas e estabelecimentos que aceitem o Iti Itaú, além de receber pagamentos, fazer transferências e até mesmo realizar cobranças, tudo diretamente do seu celular.

Fonte: seucreditodigital

Continue Lendo