Connect with us

Economia

Como descobrir se o condomínio vale a pena?

Portal Hortolândia

Publicado

em

Avaliar quais serviços e áreas que o condomínio oferece são alguns dos passos para saber se vale mesmo a pena pagar uma taxa condominial alta.

Como se sabe, o processo de urbanização do Brasil começou no século 20. Antes disso, como a principal atividade econômica era a agricultura, a população se concentrava nas áreas rurais. Com o processo de industrialização, as famílias brasileiras começaram a migrar para as cidades.

No espaço urbano, a questão territorial era problemática. Não havia espaço suficiente para os grandes casarões que começaram a se escassear para dar lugar a outros tipos de moradias, como os prédios. Grandes centros urbanos, como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte são exemplos dessa verticalização acentuada.

E quem procura um apartamento para comprar ou para alugar, invariavelmente, acaba se deparando com os preços, muitas vezes, altos dos condomínios. E responder quando vale ou não a pena pagar caro pela taxa condominial não é uma tarefa tão simples e depende muito do custo-benefício do condomínio.

Por que existe a taxa de condomínio

Embora muitas pessoas achem desnecessário pagar uma taxa de condomínio, esse é o encargo que ajuda a manter o prédio e suas áreas bem conservadas. Reparos na fachada, como pinturas, ou a jardinagem e os serviços de portaria e coleta de lixo, por exemplo, são todos pagos com o dinheiro arrecadado com a taxa condominial.

Além desses serviços, a segurança, despesas administrativas e com corpo de advogados, despesas com taxas bancárias e mesmo o pagamento da energia e da água gastas pelo condomínio devem ser quitados justamente com o dinheiro do condomínio.

Quanto mais áreas, mais caro o condomínio

Se o prédio tem piscina, espaço de festas, playground, academia, garagem, sistema de segurança especial, etc., a taxa de condomínio vai ser mais cara. E isso acontece, precisamente, porque é necessário mais funcionários para cuidar dessas áreas.

Observa-se ainda que mesmo que um prédio não tenha todas essas funcionalidades, o encargo condominial pode continuar sendo caro — por exemplo, ser metade do valor do aluguel — e aí cabe ao morador identificar, internamente, o motivo da cobrança ser relativamente alta.

Pode ser que o condomínio gaste bastante com o quadro de funcionários, por exemplo. Ou que a taxa seja calculada de acordo com o nível de ocupação dos apartamentos: se houver menos moradores, a taxa pode acabar subindo para manter o equilíbrio do caixa.

Qual condomínio vale mais a pena

Descobrir qual condomínio vale mais a pena não é uma tarefa tão simples assim. Para bater o martelo, é essencial que a pessoa avalie se, de fato, precisa dos espaços e serviços oferecidos pelo condomínio.

Áreas de lazer são mesmo importantes?

Uma das respostas que a pessoa deve responder é se as áreas de lazer oferecidas pelo condomínio são mesmo importantes para a sua qualidade de vida e para o seu dia a dia.

Por exemplo, se a pessoa não tem filhos, um playground pode ser completamente dispensável. Da mesma forma, se a pessoa tiver uma rotina muito corrida, uma piscina pode ser um item de luxo desnecessário.

No entanto, se a pessoa precisa ter um gasto extra, como um clube com piscina e playground, talvez seja mais rentável pagar um condomínio que ofereça essas praticidades.

Garagem é essencial?

Para quem não tem carro, nem pretende comprar um, provavelmente, a garagem é uma área completamente supérflua. Mas se a pessoa tiver um automóvel ou mesmo uma moto e, para abrigá-los, precise pagar um estacionamento extra, então, é melhor procurar por um prédio que ofereça essa área.

É o mesmo raciocínio das áreas de lazer, e o cálculo deve ser feito não apenas considerando o presente “imediato”, mas também o futuro próximo.

Quais serviços são de fato indispensáveis?

Outro aspecto importante que a pessoa deve considerar são os serviços oferecidos pelo condomínio. Há quem preze pela segurança e prefira morar em um apartamento onde há uma equipe que faz a vigilância 24 horas por dia. Há aqueles que não se preocupam muito com isso e preferem não pagar a mais pelos serviços de segurança.

Outra funcionalidade muito comum nos condomínios que pode encarecê-los é a portaria 24 horas. Há pessoas que voltam tarde do trabalho ou que gostam de sair à noite e precisam ter uma portaria que permita a entrada o tempo todo. Há aqueles que dispensam essa característica.

Só depois de uma avaliação responsável e realista é que a pessoa deve descartar um condomínio com muitos serviços e áreas comuns, por exemplo. Além disso, ela deve ter em mente que vai ficar naquele espaço por alguns anos , por isso, o espaço deve ser criteriosamente escolhido.

Economia

Petrobras reduz preço da gasolina, do diesel e do gás de cozinha

Portal Hortolândia

Publicado

em

gasolina

A Petrobras anunciou, nesta quarta-feira (18), a redução nos preços do litro da gasolina, em 12%, do diesel, em 7,5% e do gás de cozinha (GLP), em 5%. Os valores referem-se aos produtos vendido pelas refinarias da estatal e valerão a partir desta quinta-feira (19).

Os valores finais aos motoristas dependerão de cada posto e distribuidor de GLP, que acrescem impostos, taxas, custos com mão de obra. Além disso, o mercado brasileiro é baseado na livre concorrência, fazendo com que cada empresa cobre o que achar melhor, segundo explica a Petrobras.

“Os preços para a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras têm como base o preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais destes produtos mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias, por exemplo. A paridade é necessária porque o mercado brasileiro de combustíveis é aberto à livre concorrência, dando às distribuidoras a alternativa de importar os produtos. Além disso, o preço considera uma margem que cobre os riscos (como volatilidade do câmbio e dos preços).”

De acordo com pesquisa semanal da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), entre os dias 8 e 14 de março, os preços médios ao consumidor no país para a gasolina era de R$ 4,515. Para o diesel, o preço médio era de R$ 3,618. E para o GLP, botijão de 13kg, R$ 69,98.

A Petrobras lembra também que a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras são diferentes dos produtos no posto de combustíveis. São os combustíveis tipo “A”, ou seja, gasolina antes da sua combinação com o etanol e diesel também sem adição de biodiesel.

Os produtos vendidos nas bombas ao consumidor final são formados a partir do tipo “A” misturados a biocombustíveis.

Continue Lendo

Economia

Preço da gasolina nas refinarias cai 9,5% e do diesel, 6,5%

Portal Hortolândia

Publicado

em

gasolina

A crise econômica mundial causada pela pandemia do novo coronavírus e a disputa entre Rússia e Arábia Saudita sobre o nível de produção do petróleo fizeram baixar o preço dos combustíveis nas refinarias da Petrobras. Segundo a estatal, a gasolina teve redução de 9,5% e o diesel, de 6,5%. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (12).

Os novos preços estarão em vigor a partir desta sexta-feira (13) nas vendas às distribuidoras, mas os valores finais aos motoristas dependerão de cada posto, que acrescem impostos, taxas e custos com mão de obra. Além disso, o mercado brasileiro é baseado na livre concorrência, fazendo com que cada empresa cobre o que achar melhor, segundo explica a Petrobras.

“Os preços para a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras têm como base o preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais destes produtos mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias, por exemplo. A paridade é necessária porque o mercado brasileiro de combustíveis é aberto à livre concorrência, dando às distribuidoras a alternativa de importar os produtos. Além disso, o preço considera uma margem que cobre os riscos 9como volatilidade do câmbio e dos preços).”

De acordo com pesquisa semanal da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), entre os dias 1º e 7 de março, o preço médio ao consumidor no país, para a gasolina, era de R$ 4,531. Para o diesel, o preço médio era de R$ 3,661.

fonte ebc

Continue Lendo

Economia

ITAU lançou o ITI, app de pagamento instantâneo

Portal Hortolândia

Publicado

em

Além de ser uma forma instantânea de pagamento, o Iti Itaú também possibilita que você realize transferências para qualquer pessoa da sua lista de contatos, realizando o pagamento via cartão de crédito de qualquer banco ou com o saldo disponível na própria conta do Iti.

Outra vantagem do aplicativo é sua gratuidade: o Iti não possui nenhum tipo de anuidade e pode ser utilizado por qualquer pessoa física ou jurídica, portanto sendo uma boa opção para quem quer uma conta para gerenciar o próprio negócio. Além disso, você não precisa abrir uma conta no Itaú para usar o aplicativo: basta seguir os passos a seguir.

Como abrir uma conta digital no Iti Itaú

A seguir, vamos explicar o passo a passo para se cadastrar e usar o app para fazer e receber pagamentos diretamente no seu smartphone. Lembrando que não é preciso ter uma conta no Itaú para fazer uso da novidade.

Como abrir sua conta digital

Passo 1: antes de tudo, é preciso pesquisar o aplicativo na loja e fazer a instalação, que é gratuita. Ao abrir a aplicação pela primeira vez, deslize as telas de introdução para a esquerda ou selecionar “pular”, no canto inferior esquerdo. Então, basta clicar em “Criar cadastro.”

Passo 2: agora, é hora de escolher se você deseja uma conta pessoal ou corporativa. Então, preencha os dados necessários (nome completo, CPF, endereço, renda, e-mail, etc.) e faça o envio de uma selfie.

Passo 3: após fazer o cadastro, toque em “Entrar” e faça o login na sua conta. Caso você tenha a opção, também é possível habilitar o acesso rápido a partir do leitor de digital ou de rosto no seu smartphone.

Passo 4: agora que você já realizou o cadastro, é possível depositar dinheiro na conta digital criada. Para isso, é possível gerar um boleto para pagamento ou realizar uma transferência. Além disso, aproveite para cadastrar seus cartões de crédito para utilizá-los em futuros pagamentos.

Pronto, sua conta foi criada! A partir de agora você já pode pagar pessoas e estabelecimentos que aceitem o Iti Itaú, além de receber pagamentos, fazer transferências e até mesmo realizar cobranças, tudo diretamente do seu celular.

Fonte: seucreditodigital

Continue Lendo