Connect with us
Publicidade

Outros

Games violentos estimulam os jovens a serem mais agressivos na vida?

Portal Hortolândia

Publicado

em

Videogames violentos realmente estimulam os jovens a serem mais agressivos e darem menos valor à vida? Esta é a grande pergunta do filme “The Gamechangers”, realizado pela BBC para contar a história de dois jogos realizados pela empresa inglesa Rockstar Games; Grand Theft Auto (GTA): Vice City e Grand Theft Auto (GTA): San Andreas, respectivamente de 2002 e 2004.

O diretor Owen Harris opta por concentrar a ação em dois momentos cruciais. No primeiro, relacionado ao jogo GTA: Vice City, que foi um grande êxito, uando era preparada uma nova versão, mais realista e violenta, um jovem negro de 17 anos, viciado no game, atacou e matou policias em uma delegacia em Alabama, EUA.

Publicidade

Um advogado conservador norte-americano, interpretado por Bill Paxton, decide acionar a empresa inglesa por considerar que o game estimulou o jovem a praticar os assassinatos, num processo neurológico de perda de limites entre realidade e ficção. Embora ele tivesse reunido alguns argumentos a seu favor, o processo não avançou pela prática inapropriada do profissional na maneira de conduzir o processo, incluindo e-mails ameaçadores e posturas próximas do fanatismo.

Tudo se complicou, porém, com o lançamento do GTA: San Andres. Após um grande sucesso com a narrativa que se passa em Los Angeles, num ambiente de conflito entre brancos e negros, um jogador e programador holandês encontrou, dentro dos códigos, uma cena de sexo explícito que deveria ter sido retirada do jogo, mas que permanecia escondida para não comprometer a programação do game como um todo.

Isso levou a protestos generalizados, grande pressão e prejuízos, incluindo a necessidade de reclassificar a faixa etária e de retirar o jogo de muitos pontos de venda. Houve novo processo judicial, que resultou em advertência para a empresa britânica e a retirada do direito do advogado norte-americano de atuar profissionalmente.

O ator Daniel Radcliffe, como Sam Houser, um dos fundadores e presidente da Rockstar Games, brilha no papel do perfeccionista obsessivo e imaturo de um jovem que só deseja se divertir, sem se importar com as consequências que seus jogos podem trazer nas mais variadas esferas, da psicológica à criminal.

Sua atuação contribui para a discussão central do filme: a violência dos videogames pode de fato ser um fator que repercute na violência contemporânea. Ou é o contrário: os jogos apenas representam uma situação que já existe? Só por levantar esse tema o filme é imperdível, principalmente para advogados e para quem trabalha na área de comunicação.

Oscar D’Ambrosio é jornalista pela USP, mestre em Artes Visuais pela Unesp, graduado em Letras (Português e Inglês) e doutor em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e Gerente de Comunicação e Marketing da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Texto Enviado por Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Outros

15 livros inesquecíveis que você deve ler para entender mais sobre a vida

Redação

Publicado

em

Por

Conheça alguns títulos que são indispensáveis para enriquecer ainda mais seu nível cultural.

A história dos livros data de milhares de anos. Ela está diretamente atrelada ao desenvolvimento da escrita, que os estudiosos acreditam ter ocorrido na civilização Suméria, a qual deve ter vivido entre 5.500 a.C. e 4.000 a.C. de acordo com sugestões de historiadores modernos.

Publicidade

Se a escrita pode ter surgido neste intervalo, acredita-se que a impressão de livros tenha começado entre 618 d.C. e 907 d.C. na China, período da famosa Dinastia Tang. Logo, mesmo pelas previsões “mais recentes”, os livros impressos já devem ter mais de 1.100 anos.

Durante todo esse tempo, certas obras ganharam um lugar de destaque na história e são consideradas como indispensáveis para os amantes da leitura, bem como para aqueles que querem entender melhor a vida e seus desdobramentos.

Nós escolhemos 15 dessas obras, que de alguma forma podem agregar em sua vida e ajudar com o seu desenvolvimento. Continue a leitura para descobrir quais são elas!

15 livros que você deve ler para entender melhor a vida

Com tantas sugestões, que abordam uma série de assuntos, pensamentos, teorias, posições e pontos de vista, você já terá reservado o seu tempo de leitura de qualidade por bom tempo!

1 – A República (Platão, década de 379 a.C.)

Este é o mais famoso dos diálogos de Platão, o filósofo grego, narrado em primeira pessoa por Sócrates, que parte de uma busca pela definição de Justiça e versa sobre uma série de temas, da própria injustiça a outros pontos políticos, psicológicos, metafísicos e epistemológicos.

O destaque do livro fica por conta das divagações do filósofo sobre o tema. Ele foi dividido em 10 livros e subdividido em capítulos e, embora seja uma leitura densa, é uma das mais conhecidas obras de filosofia política de todos os tempos.

2 – Guerra e Paz (Liev Tolstói, de 1865 a 1869)

Uma das obras mais volumosas da literatura universal, o romance histórico narra a história da Rússia na época de Napoleão Bonaparte com detalhes ricos e realistas, além de várias descrições psicológicas que transformam o livro em um dos maiores na História da Literatura.

Nem mesmo Tolstói previa que a obra faria tanto sucesso, mas sua teoria fatalista de que o livre arbítrio não seria tão importante e que todos os acontecimentos apenas obedeceriam a um determinismo histórico se transformou em uma obra notável.

3 – A Bíblia (vários autores, provavelmente de 1.500 a.C. a 450 a.C. e de 45 d.C. a 90 d.C.)

A Bíblia é uma coleção de textos de valor sagrado para o cristianismo, na qual são narradas interpretações religiosas sobre o motivo da existência do homem na Terra. A tradição aceita pela maioria dos cristãos é que ela tenha sido escrita por 40 autores e por um período de quase 1.600 anos.

Este é o livro mais vendido de todos os tempos e também o que foi traduzido para mais idiomas.

4 – O Alcorão (Maomé, provavelmente de 610 a 632)

O Alcorão é o texto sagrado do islamismo, tido como sendo as últimas palavras que Deus disse a Maomé por meio do anjo Gabriel por um período de 23 anos. O livro é o pilar da religião islâmica.

5 – A Torá (Moisés, provavelmente de 1445 a.C. a 1400 a.C.)

A Torá é designada como sendo um rolo de pergaminho em que foram escritos os cinco primeiros livros de Moisés, contida no Tanakh, a Bíblia Hebraica.

Chamada de Pentateuco no cristianismo, é uma forma de vida para os judeus e traz uma série de ensinamentos e métodos práticos para a vida, a qual influenciou a arte e a literatura de várias formas ao longo da história.

6 – Analectos de Confúcio (Confúcio, sem data definida)

Coletânea de provérbios e ideias do filósofo chinês Confúcio. Acredita-se que ele tenha sido escrito por alguns de seus seguidores e, hoje, é considerado o livro mais importante no confucionismo.

Embora Confúcio possa ser retratado como um filósofo oriental obscuro e impenetrável na cultura pop atual, muitos de seus ensinamentos envolvem lições morais similares às que aprendemos na infância, incluindo uma versão primitiva da ética da reciprocidade – trate os outros como você gostaria de ser tratado.

7 – O Profeta (Khalil Gibran, 1923)

Obra mais conhecida de Khalil Gibran, O Profeta é uma poesia em prosa inspiradora e que versa sobre uma filosofia simples: viver bem com os pensamentos, comportamentos e escolhas.

O autor traz uma reflexão sobre a beleza da vida e a bondade e ensina sobre amor, trabalho, alegria, morte e vários outros temas importantes, o que torna a obra acessível e recomendável para pessoas de diferentes idades.

8 – O Segundo Sexo (Simone de Beauvoir, 1949)

A obra da filósofa francesa é considerada como o ponto de partida da segunda onda do feminismo e visa documentar a opressão sistemática sofrida pelas mulheres ao longo da história.

Simone de Beauvoir deu voz às frustrações que muitas mulheres sentiam, mas não sabiam como articular. O livro explica com vários exemplos como as mulheres foram tratadas como cidadãs de segunda classe e é uma obra imperdível para quem deseja aprender sobre o tema desde suas raízes.

9 – 1984 (George Orwell, 1949)

A clássica obra de George Orwell iniciou o subgênero de distopia, em que os autores imaginam um futuro não tão distante como um verdadeiro pesadelo, em um lugar controlado pelo governo, geralmente com uma censura crescente e sem liberdade.

O enredo fala sobre um homem que vive em uma sociedade controlada por um líder chamado de Grande Irmão, que rege por meio de medo, força, vigilância e um culto de personalidade, embora não se saiba exatamente se ele existe ou não.

Curiosamente, foi deste livro que surgiram expressões e termos usados até hoje, como “Big Brother” e “2 + 2 = 5”.

Compre aqui > https://amzn.to/3mIh64Z

10 – A Arte da Guerra (Sun Tzu, século IV a.C.)

Este tratado militar foi adotado pelos empresários como um livro de sugestões sobre como viver no mundo do capitalismo.

Cada um dos 13 capítulos fala sobre um diferente aspecto da guerra, a qual Sun Tzu, general militar chinês e estrategista respeitado, achava que devia ser evitada ao máximo e completada de maneira rápida e eficiente quando necessária.

Os ensinamentos do livro foram adotados pelo mundo dos negócios e do direito para que seja possível como aprender a vencer argumentos e negociações.

11 – O Diário de Anne Frank (Anne Frank, 1947)

Provavelmente, este é o livro mais importante e conhecido sobre o Holocausto. Anne Frank era uma adolescente que tinha um diário bem detalhado enquanto se escondia com sua família por dois anos durante a ocupação nazista nos Países Baixos.

Ainda bem jovem na época, ela recebeu o diário como presente em seu aniversário de 13 anos e o utilizou para mostrar como ela tentava levar uma vida “normal” enquanto o mundo estava em um dos períodos mais sombrios da história moderna.

12 – A Mística Feminina (Betty Friedan, 1963)

Este clássico de Betty Friedan é creditado por trazer mais destaque à segunda onda do feminismo. Enquanto a primeira focava em questões como os direitos de voto e de propriedade para as mulheres, a segunda falava sobre sexualidade, família, trabalho e direitos reprodutivos.

Friedan se inspirou para escrever o livro quando foi solicitada para fazer uma pesquisa com suas antigas colegas de escola no Smith College para o seu 15º encontro, quando percebeu que a maioria delas estava muito infeliz em seu papel como mães e donas de casa.

13 – A Origem das Espécies (Charles Darwin, 1859)

O evolucionismo é um tópico ainda bastante controverso nos dias de hoje, e tudo começou com as descobertas de hereditariedade e seleção natural feitas por Charles Darwin, as quais foram documentadas neste livro.

Por meio da observação de gerações de várias plantas e animais, Darwin percebeu como as criaturas evoluem e se adaptam aos ambientes naturais em um processo de sobrevivência. Publicado em 1859, este é o livro que baseia as ciências da vida.

14 – O Manifesto Comunista (Karl Marx e Friedrich Engels, 1848)

Este breve manifesto foi publicado em 1848 e provocou uma série de revoluções antes de ser mal interpretado por pessoas que buscavam criar seus ideais no mundo real.

O livro é um dos trabalhos mais influentes de todos os tempos na teoria política, além de ser uma verdadeira lição de que algumas ideias boas, ou pelo menos bem-intencionadas, podem ser distorcidas pelas pessoas.

Muitos concordam que este livro é “bom na teoria, mas não na prática”, enquanto outros acreditam que é possível e factível ter uma sociedade como a que Marx descreve para o benefício da humanidade. Seja qual for o seu pensamento, a fama e a influência do livro são inegáveis.

15 – As Fábulas de Esopo (Esopo, de 620 a.C. a 560 a.C.)

Para fechar nossa lista, As Fábulas de Esopo é uma coletânea de fábulas e contos creditados a Esopo, um escravo da Grécia Antiga que supostamente escreveu ou colecionou tais contos em algum momento de sua vida, entre 620 a.C. e 560 a.C.

Fábulas como “a tartaruga e a lebre” e “a formiga e o gafanhoto” ainda são ensinadas a crianças por todo o mundo e interpretadas de várias formas. Por meio de personagens animais e situações fantasiosas, podemos aprender lições simples, como “devagar se vai ao longe”.

Enriqueça sua bagagem literária e entenda melhor o mundo!

As obras retratam diferentes pontos de vista, crenças, teorias e assuntos, mas não se pode negar que ocupam um lugar de destaque na literatura, tendo influenciado mais ou menos intensamente o mundo para que ele estivesse como está hoje.

Reserve um tempo e leia esses livros quando possível. Certamente, você conseguirá perceber como seu conteúdo influenciou na construção da nossa sociedade, além de aprender uma série de lições valiosas! Ah, e por aí está cheio de sites com cupons de desconto para você adquirir por um valor ainda mais barato.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Outros

O que escolher: freezer ou congelador?

Portal Hortolândia

Publicado

em

Imagine que você está montando sua cozinha e precisa escolher entre Freezer ou Congelador. Qual destes dois seria melhor? Quais as diferenças entre eles? É para tentar tirar estas dúvidas que comentaremos sobre isso nesta postagem!

Para começar, é importante dizer que as principais diferenças são: a localização/tamanho do compartimento e também as variações de temperatura.

Publicidade

Na questão da localização, saiba que se for adquirir uma geladeira com apenas uma porta significará que você não terá um freezer. O compartimento para tal função precisa ser separado e ter, automaticamente, duas portas.

Quanto à variação de temperaturas – que impede a circulação e criação de micro-organismos –, como um freezer pode alcançar temperaturas de -20°C (tudo dependerá do modelo e potência do motor), a preservação dos alimentos será maior. O congelador tem uma média de temperatura de -6°C, o que diminuirá esta conservação ideal dependendo do alimento.

No fim das contas, o ideal é ter em mente que se mora sozinho, não cozinha muitas vezes e faz compras relativamente pequenas, aposte na geladeira com congelador. Existem modelos com ótima capacidade de armazenamento no freezer.

Mas se sua realidade for diferente, tiver uma família grande e estocar quantidades maiores de alimentos por um longo tempo, o freezer é a sua opção.

As geladeiras Side by Side, que são duplex, têm design belíssimo e vem com freezer grande e isolado. Esta pode ser uma sugestão e tanto se puder gastar um pouco mais.

Agora é só colocar todos estes prós e contras na balança e escolher entre Freezer ou Congelador.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Outros

Com foco em transformação digital, setor de cassinos impulsiona economia mundial

Portal Hortolândia

Publicado

em

Com foco na inovação, o setor de cassinos tem movimentado a economia de diversos países. Seja por meio de estabelecimentos físicos ou pela transformação digital que alcança até mesmo países sem qualquer estabelecimento, o setor gera milhões em renda e inúmeros empregos.

Estabelecimentos físicos proporcionam um ecossistema de desenvolvimento econômico

Publicidade

É fato que dezenas de empresas e cidades ganham milhões em lucros anuais devido aos cassinos e uma grande parte desse valor é repassada aos profissionais atrelados a indústria e produz diversos benefícios econômicos.

Um estudo recente conduzido pela pesquisadora Siew Lim, professora do Departamento de Agronegócios e Economia Aplicada da NDSU, analisou a relação entre os estabelecimentos de cassino e o crescimento econômico dos 48 estados dos EUA no período de 2003 a 2012 e chegou a diversas conclusões interessantes sobre o impacto econômico positivo dos cassinos.

Lim examinou as taxas de crescimento econômico de curto (três anos) e de longo prazo (10 anos) e comparou os efeitos sobre a renda pessoal per capita real e as taxas de crescimento de empregos dos estados com e sem cassinos e a conclusão da pesquisadora foi a de que os estados com cassinos tiveram uma série de benefícios em relação aos sem esses estabelecimentos.

Entre 2003 e 2012, Lim estimou que a existência de cassinos melhorou a renda dos residentes em 0,5% e que a expansão dos cassinos aumentou a taxa de crescimento do emprego salarial em 0,67%.

As porcentagens parecem pequenas, mas os números reais são significativos. Segundo um relatório da Associação Americana de Jogos de 2018, o setor de cassinos emprega 1,7 milhões de pessoas no país e esses estabelecimentos beneficiam mais de 200 carreiras diferentes. Ainda segundo dados da associação, os mais de mil cassinos norte-americanos são responsáveis por manter os níveis de desemprego em estados com cassinos até 8% menores do que estados sem cassinos.

O mesmo tipo de impacto positivo pode ser encontra nos outros países e cidades com cassinos espalhados pelo mundo, já que esses estabelecimentos de alto nível podem ser encontrados por todo o planeta.

Na cidade de Macau, por exemplo, esse tipo de estabelecimento é o maior empregador e uma parcela significativa da população dos 620 mil habitantes trabalham de forma direta ou indireta com o setor.

Na verdade, o nível de desemprego em Macau é de apenas 1,7% e a indústria de cassinos gera mais de 45 bilhões de dólares anualmente para a região que inclusive conta com subsídios para se desenvolver ainda mais.

Inovação tecnológica e transformação digital espalhou benefícios pelo globo

Nas últimas décadas, os cassinos tradicionais em regiões como Macau foram o principal objeto de estudo das pesquisas, mas nos últimos anos o impacto econômico positivo dos diversos jogos de cassino online, que contam com uma ampla variedade de formatos, também está muito bem documentado.

Diferente dos estabelecimentos físicos, os benefícios dos cassinos online não estão limitados de forma geográfica e o avanço da tecnologia tem feito com que eles alcancem um público global cada vez maior.

Por meio da transformação digital operada pelos cassinos nos últimos anos, que assim como outros setores abraçaram a internet e o desenvolvimento mobile para aprimorar seus serviços, agora só é necessário um notebook ou smartphone para ter acesso a centenas de jogos e horas de diversão.

Os benefícios econômicos desse avanço tecnológico são tangíveis, especialmente em relação à geração de empregos na área de tecnologia e desenvolvimento de software, já que os sites dos cassinos e os novos jogos móveis contam com melhorias constantes que são desenvolvidas e implementadas regularmente e demandam a atuação de diversos profissionais qualificados.

Além dos benefícios relacionados a geração de empregos na área de tecnologia, uma das que mais cresce ao redor do mundo, outro ponto importante é o impacto dos cassinos na movimentação da economia digital como um todo, já que o setor atraí ainda mais entusiastas para esse ecossistema de inovação que inclui desde novos métodos de pagamentos até novas tecnologias como criptomoedas.

Esse impacto pode ser mensurado em números e, de acordo com dados da companhia Statisa, responsável pela análise do setor global de cassinos online, o mercado estava avaliado em quase 46 bilhões de dólares em 2017 e deve dobrar até 2024 – com as projeções esperadas superando a faixa dos 94 bilhões.

Cassinos podem trazer muitos benefícios

Vale mencionar que, segundo dados fornecidos pelo UOL, dos 20 países mais ricos do mundo, 93% contam com estabelecimentos físicos, mas com todos os dados mencionados acima, é possível perceber que mesmo apenas através da transformação digital o setor de cassinos proporciona uma força econômica positiva que impacta inúmeras economias ao redor do mundo.

Ainda assim, de acordo com dados recentes, a chegada de cassinos no Brasil pode gerar mais de 300 mil empregos e atrair mais de 50 bilhões de reais em investimentos para o país, motivo pelo qual a construção desse tipo de estabelecimento por aqui deve ser cada vez mais visada no futuro.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Noticias

plantao policial plantao policial
Policial3 horas atras

Policia prende “Disciplina do crime” no Jardim Amanda

A Policia Militar prendeu no final da tarde desta terça-feira(23) um fugitivo da justiça, no bairro Jardim Amanda. A equipe...

Nossa Cidade5 horas atras

Escolinhas esportivas particulares poderão retomar atividades coletivas em quadras em Hortolândia

A Prefeitura publicou, nesta terça-feira (22/09), Decreto Municipal que estabelece a retomada das atividades coletivas em quadras de escolinhas esportivas particulares, com...

Nossa Cidade5 horas atras

Ponte Estaiada está Iluminada em amarelo para segurança no trânsito e prevenção ao suicídio

A campanha “Setembro Amarelo” marca duas causas sociais importantes: a prevenção aos acidentes de trânsito e também ao suicídio. Por...

Nossa Cidade5 horas atras

Sarampo: Quase 5 mil pessoas já foram imunizadas em Hortolândia

Você ainda não se imunizou contra o Sarampo? Então, procure a UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima de sua...

Nossa Cidade6 horas atras

Coronavírus Hortolândia: 3913 casos confirmados, 3751 curados e 135 óbitos

O boletim sobre coronavírus divulgado pela Secretaria de Saúde de Hortolândia, nesta terca-feira(22) mostra que o município teve 3751 casos...

Policial23 horas atras

Agentes penitenciários encontram cocaína em pacotes de suco na Penitenciária de Hortolândia

Agentes penitenciários encontram cocaína em pacotes de suco na Penitenciária de Hortolândia Agentes do Centro de Progressão Penitenciária de Hortolândia...

Publicidade

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares