Connect with us
Publicidade


Outros

Jeep deixa a linha Renegade 2021 mais completa

Portal Hortolândia

Publicado

em

A Jeep deixou a linha Jeep Renegade 2021 bem completa, buscando atender todo tipo de público: desde o cliente PcD com a versão 1.8 Flex AT6 com preço a partir de R$69.999,00, passando pela versão Limited 1.8 Flex AT6, avaliada pelo Portal Hortolândia com preço a partir de R$122.390,00 e chegando na versão topo Trailhawk 2.0 Turbo Diesel AT9 4×4 com preço a partir de R$161.490,00.

Publicidade

Completam as opções, por ordem de preço: STD 1.8 Flex AT6 com preço a partir de R$81.590,00, Sport 1.8 Flex AT6 com preço a partir de R$96.790,00, Longitude 1.8 Flex AT6 com preço a partir de R$112.190,00, Moab 2.0 Turbo Diesel AT9 4×4 com preço a partir de R$139.690,00 e Longitude 2.0 Turbo Diesel AT9 4×4 com preço a partir de R$149.890,00.

Sem opção de câmbio manual, as versões com motor 1.8 flex de 139 cavalos são equipadas com o câmbio automático de seis marchas (AT6) e as versões com motor 2.0 turbo diesel são equipadas com o câmbio automático de nove marchas (AT9).

Um dos destaques da linha Jeep Renegade 2021 é a versão Moab, que agora é a de entrada com motorização turbo diesel. Vem equipada com câmbio automático de nove marchas, tração 4×4, seletor de terrenos com quatro modos e HDC (Hill Descent Control – controle de descida).

Conta ainda central multimídia Uconnect 7″, ar-condicionado dual zone, sensor de estacionamento traseiro e faróis de neblina. Além disso, traz pneus de uso misto, ganchos em preto na dianteira e traseira, semelhantes aos da versão Trailhawk e visual escurecido nas rodas de liga leve de 17” e na grade frontal.

Outra importante novidade da linha Jeep Renegade 2021 é que agora a versão Limited 1.8 passa a contar com teto solar panorâmico Command View de série. Na versão Sport, adquirir os packs de opcionais Uconnect, que conta com tela de 7″ com ar-condicionado dual zone e sensor traseiro e do pack Night Eagle ficou mais em conta.

As cores também merecem destaque. A Vermelha Colorado deixa de ser oferecida para as versões 1.8 AT, STD 1.8 AT e Sport. A versão 1.8 AT ganha a oferta do Cinza Antique e as versões STD 1.8 AT e Sport passam a contar com a opção do Verde Recon. A Night Eagle, com seu visual all black, também passa a ter o Verde Recon para escolha.

Mais sobre a versão Limited 1.8 Flex AT6

A versão que avaliamos é a topo de linha com a motorização flex. Vem de série com rodas de liga leve aro 19”, teto solar panorâmico command view, faróis full led e sete airbags.

Também conta com acendimento automático dos faróis, troca de marchas no volante, ar-condicionado Dual Zone, chave com telecomando, controle eletrônico anticapotamento para segurança nas trilhas, controle de tração e de estabilidade, direção elétrica, piloto automático, sensor crepuscular, sistema Start&Stop que desliga/aciona automaticamente o motor entre outros.

Destaque negativo da versão é o porta-malas com apenas 320 litros.

Texto: Sérgio Dias

Fotos: Divulgação

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Outros

Tecnologia e eficiência garantem o sucesso do Chevrolet Onix

Portal Hortolândia

Publicado

em

A família Chevrolet Onix lidera com folga as vendas no mercado brasileiro. Na linha 2021 é oferecida com carrocerias hatch e sedã, motores 1.0 MT6, 1.0 Turbo MT6 e 1.0 Turbo AT6 e em seis níveis de acabamentos: MT, LT, LTZ, RS, Midnight e Premier.

Publicidade

O Portal Hortolândia teve a oportunidade de conhecer a avaliar o Onix Premier com a carroceria hatch, que tem como destaques o MyLink com tela de oito polegadas com projeção sem cabo, carregamento do smartphone por indução magnética, Wi-Fi nativo, sistema de telemática OnStar e myChevrolet app.

Outra novidade do Chevrolet Onix Premier é que ele estreia o conceito de carro sem fio, que, junto com outras tecnologias, posicionam a versão como o modelo de produção nacional mais avançado em conectividade considerando os veículos disponível no mercado.

O diferencial da tecnologia de projeção sem fio da Chevrolet é que a transmissão é feita por meio do Wi-Fi do veículo, o que garante maior fluxo de dados. O sistema é compatível com Android Auto e Apple CarPlay e é capaz de projetar aplicativos como o Waze, Spotify e WhatsApp diretamente na tela do painel. Para maior segurança, os apps podem ser operados por comando de voz.

Para habilitar a projeção sem fio do smartphone para o multimídia do carro, o usuário precisa fazer o pareamento apenas uma única vez, seguindo as instruções que aparecem no visor do equipamento. Um vídeo anexo mostra este passo a passo.

Novidade estendida à linha 2021 do Onix é o MyLink com tela maior, de oitos polegadas, que permite melhor visualização das informações, principalmente as dos mapas de navegação online. O aparelho traz Bluetooth com conexão para até dois celulares simultaneamente.

O sistema de carregamento por indução magnética para ser iniciado basta colocar o celular sobre a almofada de carregamento rápido posicionada no console central e, para usufruí-lo, o usuário precisa ter um smartphone compatível com a tecnologia.

Wi-Fi nativo

O Wi-Fi nativo de série conta com uma antena amplificada e em função disso, o sinal é até 12 vezes mais estável, proporcionando uma experiencia em 4G por muito mais tempo.

A versão conta também com a mais atual geração do OnStar. O sistema de telemática permite que sistemas eletrônicos do veículo sejam atualizados de forma remota, ou seja, sem a necessidade do comparecimento à oficina.

O OnStar oferece ainda diversos serviços conectados, entre eles os de auxílio em caso de emergências, o que inclui resposta automática em caso de acidente mais grave, auxílio na recuperação em caso de roubo e socorro mecânico do Road Service da Chevrolet.

O usuário pode, inclusive, comandar diversas funções do carro por meio do aplicativo myChevrolet app. Entre elas, acionar a ignição a distância para ir climatizando a cabine ou consultar informações do computador de bordo – nível do combustível, pressão dos pneus, consumo médio, indicador da vida útil do óleo etc.

Além do mais avançado pacote de conectividade, a versão se destaca no segmento pela ampla oferta de equipamentos. Confira os mais relevantes:

Conforto e aparência

  • Ar-condicionado digital automático
  • Acabamento interno premium com duas opções de combinação de cores
  • Chave com sensor de aproximação
  • Coluna de direção com regulagem em altura e profundidade
  • Controlador de limite de velocidade
  • Assistente de estacionamento semiautônomo
  • Vidro elétrico nas portas dianteiras e traseiras com acionamento por “um toque”
  • Entradas USB também para os ocupantes do banco traseiro
  • Lanternas em LED
  • Roda de liga leve aro 16″

Segurança

  • Seis Airbags (duplo frontal, duplo lateral e duplo de cortina)
  • Alerta de ponto cego
  • Controle eletrônico de estabilidade e tração
  • Faróis dianteiros tipo projetor com acendimento automático através de sensor crepuscular
  • Assistente de partida em aclive
  • Luz de condução diurna em LED
  • Sensor de estacionamento dianteiro, lateral e traseiro
  • Câmera de ré

Performance

  • Motor 1.0 Turbo que combina alta performance com eficiência energética
  • Transmissão automática de seis velocidades

As cores disponíveis são: Prata Switchblade, Preto Ouro Negro, Vermelho Carmim, Azul Seeker e Cinza Satin Steel, inédita na linha.

Texto: Sérgio Dias

Fotos: Divulgação

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Outros

Confira algumas opções de purificador de água

Portal Hortolândia

Publicado

em

Com períodos de umidade relativa do ar tão baixo, é ideal se hidratar constantemente. E para manter a saúde em dia, além de exercícios e alimentação balanceada, é fundamental beber água. Mas qual purificador de água comprar? Nós do Portal Hortolândia daremos algumas dicas para você!

Publicidade

Saiba mais no texto a seguir:

PURIFICADOR DE ÁGUA AQUAPURE

Por ser bastante compacto, o Aquapure é ideal para espaços como bancadas ou pias. Filtra até 5 mil litros de água com um único refil e sua troca é fácil e intuitiva (basta abrir o compartimento frontal e fazer a substituição). Vários clientes disseram estar satisfeitos já que a água, desde o primeiro teste, não apresentou sabor ou cheiro.

A instalação é relativamente complicada, pois o engate é mais rígido, dificultando o encaixe. Tome cuidado com a porta do filtro, já que o material não é tão resistente quanto poderia ser.

PURIFICADOR DE ÁGUA CONSUL

Uma das marcas mais conhecidas no mercado e o melhor custo benefício desta lista. O Purificador Consul vem com indicador luminoso para troca do refil e filtragem que reduz a presença de cloro, partículas bacteriológicas e outras impurezas.

Comparado ao modelo anterior da própria Consul, este não conta com a alça para encher jarras e pode atrapalhar um pouco. Fora isso tem opções em branco ou preto e também cabe em qualquer espaço.

PURIFICADOR DE ÁGUA ELETROLUX

Caso tenha um dinheiro extra para investir num purificador que dê as opções para água natural, fria ou gelada, este modelo da Eletrolux é perfeito. O painel em touch luminoso é muito fácil de utilizar, a troca do filtro é simples e seu design facilita no momento da limpeza.

Comparado aos outros, o fluxo de água não é tão forte, ou seja, demorará mais para que os recipientes fiquem completos.

E agora, qual purificador de água comprar? Já se decidiu entre estes modelos? Comente com a gente!

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Outros

Uma nova tendência entre os brasileiros: o consumo consciente

Portal Hortolândia

Publicado

em

Há tempos que as relações de consumo estão em processo de transformação e a onda do consumo consciente ganha cada vez mais destaque. Não é porque algo não serve mais para você que precisa ir para o lixo, e os sebos de livros, brechós de moda ou os sites de classificados online, a exemplo do VivaLocal, estão aí para comprovar esta tendência.

Publicidade

O termo consumo consciente, ou consumo verde, pode até parecer novo, mas de certa forma sempre esteve presente na sociedade. Muitos de nós, quando pequenos, usamos alguma roupa que foi de um irmão ou primo mais velho, livros da escola comprados das mães da turma anterior, aquele primeiro carro logo que aprendemos a dirigir, que compramos de um amigo ou colega de trabalho, sem falar nos móveis que passavam de mão em mão dentro dos membros da família.

A questão é que por muito tempo esse movimento não foi estimulado, sobretudo pela facilidade de acesso para comprar coisas novas. Para se ter uma ideia, uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, e pelo Serviço de Proteção ao Crédito – Brasil, com entrevistados de todas as capitais do país, aponta que apenas 31% podem ser considerados consumidores conscientes.

Apesar do número parecer pequeno, nos últimos anos uma convergência de fatores tem contribuído para que o tema ganhe mais adeptos. Um desses fatores é, sem dúvida, a capacidade produtiva do planeta; lembrando que não é de hoje que os cientistas e ambientalistas em todo o mundo alertam sobre a necessidade de um olhar mais apurado para a sustentabilidade e fontes renováveis.

Outro fator determinante é a economia. Primeiro veio a crise econômica de 2014, da qual ainda não nos recuperamos, todas as flutuações da balança comercial e do dólar, problemas com a produção agropecuária, e se não bastasse tudo isso, o mundo foi tomado pela pandemia do novo coronavírus. Diante de todas essas mudanças, o consumidor se vê na necessidade de aprender a estabelecer prioridades e ampliar seu critério de qualidade.E assim o consumo consciente vai ganhando força.

Quebrando paradigmas

Durante muito tempo ninguém queria assumir estar usando uma roupa ou móvel que fosse de ‘segunda-mão’. O termo, usado popularmente para descrever um produto usado ou seminovo, ganhou ares pejorativos e era o mesmo que falar que o produto tinha uma qualidade inferior.

Mas a quebra desse paradigma vem acontecendo, principalmente através da moda. Os brechós assumiram o papel de grandes baús para o garimpo de peças que carregam consigo histórias e memórias que as tornam produtos exclusivos. Além de serem produtos raros, muitas vezes únicos, o aspecto financeiro é, digamos, bem atraente: com uma peça de brechó é possível uma economia de até 80% quando comparado às compras de produtos novos em lojas tradicionais.

Outro ponto a se considerar são os nichos de mercado que podem ser explorados a partir do consumo consciente. Estamos falando desde os já conhecidos brechós e sebos, e também de serviços ainda não explorados como lojas onde seja possível, por exemplo, vender todos os móveis da casa e comprar tudo novo, negociação que hoje em dia acontece principalmente através de vendas de garagem, grupos de WhatsApp ou em sites de classificados.

O papel da internet

Em uma busca rápida na internet, através do site VivaLocal, por exemplo, é fácil encontrar diversos produtos e serviços que além de atender àquela necessidade específica, se encaixam nos mais diversos bolsos. Além disso, se você for uma pessoa com habilidades artesanais, tutoriais ensinam formas fáceis de reformas ou personalizações, que transformam as peças, aumentando o valor e a vida útil.

É que quando o assunto é transformação social ou nas relações de consumo, a internet e as facilidades que ela proporciona, assumem um papel de destaque, quer seja pelas possibilidades que a internet oferece na hora de aproximar vendedor e comprador, quer seja por estimular o novo olhar dos consumidores.

É através dela, por exemplo, que a essência do consumo consciente tem se propagando, sobretudo entre os mais jovens, que antes de qualquer decisão de compra, usam o acesso à internet e as redes sociais, para saber a origem dos produtos, o histórico das empresas, e é claro, pechinchar.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Noticias

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares