Connect with us

Outros

Quais as melhores criptomoedas para iniciar investimentos

Portal Hortolândia

Publicado

em

Ainda não são todos os estabelecimentos que aceitam transações com moedas digitais, mas nem por isso elas estão sendo deixadas de lado. O futuro é promissor quando o assunto são as criptomoedas, afinal, elas são uma fonte lucrativa para iniciar investimentos.

No entanto, o primeiro questionamento que vem à mente quando alguém fala em moedas virtuais é a segurança. Será que é seguro investir e desbravar o universo do dinheiro digital? Como proteger moedas que existem online?

É normal e saudável ter dúvidas em relação a investimentos e dinheiro, ainda mais quando se trata de moedas digitais. Porém, não é à toa que elas recebem o nome de criptomoedas, pois a tecnologia de segurança usada é a criptografia.

Quem gerencia um e-commerce, por exemplo, está bem habituado ao conceito da criptografia. Se não está, deveria, pois essa tecnologia é eficiente para proteger informações armazenadas no mundo virtual.

Sendo assim, senhas, CPF e outras informações relevantes dos clientes são protegidas por códigos criptografados. Hoje em dia as melhores empresas de hospedagem de sites oferecem esse tipo de proteção para um e-commerce por meio do certificado SSL.

Caso ainda não tenha a sua, clique!

No caso das moedas digitais a criptografia protege as transações entre elas, as tornando um investimento seguro.

As moedas digitais para começar investimentos

O universo das criptomoedas era “puro mato” quando surgiu a Bitcoin. Ela foi a pioneira e abriu o caminho para as outras ao longo dos anos. Hoje em dia a Bitcoin ainda mantém o seu reinado entre as criptomoedas, porém ainda há outras conquistando cada vez mais espaço.

Litecoin, Ethereum e a Ripple são apenas alguns dos nomes em um vasto mercado cada vez mais crescente. Por isso, em se tratando das melhores criptomoedas para quem quer iniciar investimentos, vamos começar falando das mais conhecidas.

Bitcoin

Ela é tão famosa que para muita gente até já se tornou sinônimo de moeda virtual. Diante disso, ela sofre constantes valorizações e se apresenta como uma importante alternativa de investimento.

Além do mais, é importante destacar que o valor da Bitcoin varia de acordo com a quantidade de investidores, fluindo conforme há mais pessoas desejando comprá-la ou vendê-la.

Isso significa que quanto maior a quantidade de pessoas querendo comprá-la e vendê-la, maior será o seu valor. Funciona como quase tudo no mundo da Economia, com o princípio da oferta e demanda.

O mais interessante que é possível acompanhar em tempo real o preço da Bitcoin, pois existem sites e aplicativos para isso.

Ethereum

Ela constitui o que chamamos atualmente de “Segunda Geração das Moedas Virtuais”. A Ethereum é considerada um baixo risco de investimento, sendo bastante promissora tanto para investidores iniciantes quanto para aqueles mais conservadores.

Para obter a Ethereum, o investidor deve efetuar o processo de mineração ou realizar diretamente a compra em sites que disponibilizam esse procedimento.

Contudo, o processo de mineração dela é considerado difícil e envolve a utilização de placas de vídeos específicas para tal atividade. Ou seja, a mineração da Ethereum não é o mais adequado para investidores iniciantes.

Por isso, comprá-la é uma boa alternativa para investimentos, pois atualmente ela conta com uma boa cotação no mundo das criptomoedas.

Ripple (XRP)

O Ripple, na verdade, é uma plataforma de investimentos que conta com uma moeda virtual chamada de XRP.

Essa moeda apresenta um valor normalmente abaixo de um dólar. Aqui no Brasil quem deseja comprar a XRP pode utilizar como moeda de troca a Bitcoin ou a Ethereum.

É possível também comprá-la utilizando o nosso já conhecido Real. No entanto, de modo diferente com o que ocorre com a Bitcoin ou a Ethereum, não há processo de mineração na Ripple. Ela é uma boa opção de investimentos para empresários.

IOTA

Considerada uma moeda de terceira geração, ela aos poucos está se consolidando como uma alternativa viável de investimento.

A IOTA apresenta um risco baixo e uma alta escalabilidade, o que a torna bastante atrativa. Além de que ela aparece no cenário atual como a moeda digital diretamente relacionada com a IoT, a chamada “Internet das Coisas”, que é uma das principais tendências para o futuro.

A IOTA não apresenta mineradoras e nem taxas de negociação. Na verdade, funciona por meio de “livros contábeis” espalhados em uma rede conhecida como “Tangle”. A Tangle tem como objetivo possibilitar que a IOTA se torne mais eficiente e com alta escalabilidade.

Litecoin

Ela veio no rastro da pioneira Bitcoin. Apesar de alguns altos e baixos ao longo dos anos, a Litecoin sempre aparece como um investimento que não apresenta riscos elevados, sendo assim uma alternativa viável para quem quer investir.

As moedas virtuais podem resultar em lucros de verdade

Como você viu, as criptomoedas são uma possibilidade interessante de lucros. Elas são descentralizadas, não necessitam de grandes instituições financeiras e atraem investidores do mundo inteiro.

Por essa razão, as moedas digitais mencionadas acima atualmente são as mais conhecidas, mas vale pesquisar por outras.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Outros

Sorvete de Paçoquita em breve nos supermercados

Portal Hortolândia

Publicado

em

A marca é conhecida pelas paçocas em formato de rolha que, agora, está disponível na versão refrescante, sorvete em massa, vendido em potes de 500ml.

O produto está disponível algumas lojas do Sam’s Club, mas deve chegar nas prateleiras do Makro e Pão de Açúcar em breve. O preço pode variar de acordo com a região.

O sorvete surgiu de uma parceria entre a Santa Helena e a fabricante de sorvetes Whaka. As informações são do blog ‘São Paulo para Crianças’.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Outros

O gafanhoto, um dos riscos ou benefícios a cadeia do Ecossistema?

Redação

Publicado

em

Por

Os gafanhotos são um dos principais insetos que transformam a matéria em energia, eles que colocam energia no ecossistema, dentro da cadeia alimentar são eles que tiram energia dos vegetais e alimentam os outros animais. Eles engolem o alimento das folhas um indivíduo desses come mais da metade do seu próprio peso por dia, às vezes o equivalente ao próprio peso—, fazem fezes que geram nutrientes para o solo, adubando-o, e são comidos pelos predadores que se alimentam dessa energia. Então o gafanhoto não atacam os humanos e não atacam os animais. É uma praga nas lavouras, isso também vale quanto a sua eliminação no âmbito Urbano, não se deve matar um gafanhoto, se o mesmo estiver em seu quintal ou na sua casa, porém se ele estiver em lavouras, ou pousados em sua plantação, deve se chamar um Agrônomo para análise e aplicar o inseticidas e agrotóxicos corretos. Explica o técnico sanitário Jefferson Melo.

A “chuva” de gafanhotos avança conforma as condições favoráveis que encontram pelo caminho, como tempo quente e seco, vento e alimento, condições que estão presentes no Rio Grande do Sul. Porém, a chegada de uma frente fria com chuvas, na quinta-feira (25) de junho, poder ajudar na dispersão dos insetos, e não ter impacto na região Sul do País.

Qual o inseto presente na atual nuvem? Esse tipo de formação é feito por poucas espécies. A que está ocorrendo agora é do gênero Schistocerca cancellata. É a mesma espécie da história da praga bíblica. Esse gênero é considerado migratório e, ao mesmo tempo, tem hábito gregário, isto é, eles formam bandos. Eles vivem em bando e acabam formando essas nuvens para ir atrás de alimento e facilitar a reprodução.

Precisa se atentar as informações corretas, quanto ao uso de venenos até mesmo no seu quintal, inseticidas, bactericidas e defensivos agrícolas, são e devem ser aplicados por pessoas capacitadas. Alguns animais ou até mesmo, um gafanhoto tão pequeno, é e faz parte da cadeia alimentar e tem papel fundamental no meio ambiente.

Colaboração: Pest Pro Serviços Ltda.
Colunista: Rose Succi Nakamura

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Outros

Saiba como ficar mais próximo do prêmio da Mega Sena

Portal Hortolândia

Publicado

em

Vamos conhecer algumas estatísticas para que você fique mais próximo do prêmio da Mega Sena! Fique por dentro dos números mais sorteados, premiações e valores arrecadados. Passe a entender todas as probabilidades para aumentar suas chances de vencê-lo.

De acordo com dados fornecidos pela Caixa Econômica Federal, a Mega Sena começou a ser comercializada em 04 de março de 1996 e ser contemplado em um sorteio da loteria é o sonho de muitos dos brasileiros. Pois bem, a Mega Sena é famosa por pagar aos seus ganhadores as maiores quantias dentre os prêmios de loteria no Brasil, chegando a pagar mais de R$ 306 milhões em 2017, o recorde até hoje de valor já pago e que foi dividido entre os 17 ganhadores do sorteio, que levaram a bolada de mais de R$ 18 milhões cada. Como prêmio pago individualmente (um só ganhador), a mega já pagou aproximadamente R$ 270 milhões a um jogador do estado de Pernambuco, no ano de 2019.

Para participar do sorteio da Mega Sena é muito simples, você pode escolher de 6 a 15 dezenas entre as 60 dezenas no volante. O prêmio máximo é pago para aquele que acertar as 6 dezenas sorteadas, para acertos de 5 (quina) e 4 (quadra) dezenas também há pagamento de prêmio com valores menores rateado entres os acertadores.

Quanto maior o número de dezenas tiver a aposta, maior a chance de acerto. Em caso de premiação em apostas com maior número de dezenas os prêmios são ainda maiores. O valor destinado a pagamento de prêmios corresponde a 46% do valor arrecadado do concurso, sendo que na distribuição deste valor é destinado 22% para os concursos de final 0 e 5.

Os sorteios acontecem fisicamente e são registrados sempre, para garantir a segurança de todo o processo. Eles são realizados em globos, com a retirada dos números e o anúncio. Caso nenhum apostador consiga acertar as 6 dezenas sorteadas o prêmio acumula para o próximo sorteio. Os prêmios dados aos vencedores correspondem a 32,2% da renda total das apostas. 35% dele vai para quem marcou os seis pontos. 19% são destinados a quem assinalou a quina e 19% para os acertadores de quadra.

O sorteio de âmbito nacional já premiou sortudos pelas mais diversas regiões do país. Destaca-se o estado de São Paulo, pelo incrível número de 227 ganhadores! Incrível porque, em relação ao segundo colocado em premiações, que é o estado do Rio de Janeiro (85), a diferença é de 142 ganhadores. O estado da Bahia figura como o quinto da lista e primeiro da Região Nordeste com mais apostas vencedoras. E aí, será que você reside na região mais sortuda do país???

Mas nada chama mais atenção dos apostadores do que os números. E a numerologia da Mega Sena mexe profundamente com a cabeça das pessoas. Chega a equiparar-se com a bolsa de valores, onde existem uma série de especialistas, verdadeiros analistas que dedicam seu tempo na observação de padrões que os sorteios seguem, visando encontrar um parâmetro das dezenas.

Assim sendo, vejamos algumas das dezenas mais sorteados até hoje, fique por dentro quais são aquelas que devemos evitar na hora de fazermos nossas apostas. Separamos as 10 dezenas mais sorteadas nos últimos 150 sorteios da Mega Sena: A campeã entre elas é o número 33 que nos últimos anos já foi sorteada 16 vezes, seguida pelos números 18, 05, 51 e 04, aparecendo 15 vezes cada, 01 e 58, 14 vezes cada, 39 e 18, 13 vezes e a dezena 02 fecha a lista sendo sorteada 12 vezes.

Sabendo quais são algumas das dezenas que devem estar presentes em suas apostas, vamos agora descobrir quais são aquelas eu não aparecem muito nos sorteios. A que menos apareceu nos últimos 150 sorteios foi a dezena de número 50, apenas três vezes fez parte dos seis números vencedores, as de número 35, 45 e 22 foram sorteadas apenas 5 vezes, seguidas pelas dezenas 19 e 38, seis vezes cada e os números 56,23,14 e10 que somente figuraram 7 vezes cada entre os premiados.

Outro critério a ser observado é a quantidade de números pares e ímpares que foram sorteados nesses concursos. Como exemplo temos que em mais de 35% dos sorteios tiveram 3 dezenas pares e 3 dezenas ímpares, ou seja, sempre que for fazer suas apostas, tente buscar um equilíbrio entre as dezenas nesse sentido, é algo que pode passar despercebido, porém poderá aumentar muito, suas chances de se tornar um milionário.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Populares