Connect with us
Publicidade


Outros

Toyota Hilux 2021 tem novo design e mais potência

Portal Hortolândia

Publicado

em

A linha Toyota apresentou a linha Hilux 2021 o Portal Hortolândia aponta como um dos destaques seu novo motor 2.8L diesel, que equipa algumas versões e teve aumento de potência de 15% e agora rende 204 cavalos. As versões flex seguem com o motor 2.7L Dual VVT-i de 16V com até 163 cavalos.

A picape chega em nove configurações, desde a versão Chassi, de cabine simples e preço a partir de R$164.790,00, até a topo de linha SRX, de cabine dupla com preço a partir de R$241.990,00, ambas na motorização diesel, todas 4×4; enquanto a motorização flex segue contando com as versões SR 4×2 com preço a partir de R$145.390,00, SRV 4×2 com preço a partir de R$157.490,00 e SRV 4×4 com preço a partir de R$169.790,00.

As versões SRX, SRV, SR e Power Pack contam agora com um novo design dianteiro, com alterações nos faróis, grades e para-choques. A Hilux SRX se destaca com os novos faróis bi-LED. 

Na traseira, a versão topo de linha também passa a contar com lanternas em LED com novo grafismo. Já as rodas de liga leve das Hilux SRX e SRV possuem novo desenho com acabamento em preto, enquanto os pneus de liga leve são de dimensões 265/60R18, 18”. 

Nas versões SR e Power Pack, os pneus têm 265/65R17, 17”, no entanto, a Hilux SR possui rodas de liga leve, enquanto na Power Pack, são rodas em aço estampado. As outras versões possuem rodas em aço estampado de 17”, porém, com pneus 225/70R17.

O design lateral destaca a extensão dos para-lamas, que se mesclam perfeitamente com o restante do carro, por meio de um corte transversal, realçado na parte superior das portas e integrando a caçamba ao restante do veículo.

No design traseiro destaque para o grafismo das lanternas verticais. As versões SR, SRV e SRX contam com a maçaneta de abertura da tampa cromada, onde também está localizada a câmera de ré. O para-choque foi projetado para melhorar a acessibilidade à caçamba, e segue sendo cromado nas versões SR, SRV e SRX.

O formato do teto possui dois vincos que ajudam a direcionar a passagem de ar para fora da área da caçamba, tornando o veículo mais estável.

No seu interior, o sistema de áudio foi integrado de forma mais fluida ao painel de instrumentos. Na versão SRX, duas das caixas acústicas JBL se destacam no topo do painel de instrumentos. O novo design conta com a combinação de cores dos mostradores do velocímetro e do taquímetro, onde o cinza, o preto e o branco agora predominam. 

Agora, a versão Power Pack também conta com display áudio com tela de 8” sensível ao toque, garantindo modernidade a uma gama maior de versões da picape.

Nas versões cabine dupla, um novo design de suspensão foi focado nos amortecedores e molas. A versão SRX, por sua vez, possui novos amortecedores de maior diâmetro (+6,7% em comparação com a anterior) com uma afinação especialmente orientada para o conforto. 

Em todas as versões foram adicionadas buchas com novo design na junção das molas com o chassi e foram adicionados novos suportes de cabine, que proporcionam maior rigidez lateral e também reduzem o nível de vibrações transmitidas à cabine.

Todas essas melhorias permitem uma melhor absorção das vibrações geradas pelas irregularidades da estrada e, consequentemente, maior conforto a bordo.

A Hilux SRX conta agora com bancos dianteiros com sistema de ventilação, o que contribui muito para o conforto em locais de clima quente.

As versões SRX e SRV incorporam sensores de estacionamento dianteiros e traseiros que facilitam as manobras em espaços confinados e contribuem para a segurança.

O já completo computador de bordo com tela de 4,2” (versões SRX, SRV e SR) possui duas funções adicionais: o indicador digital de velocidade e o indicador de posição das rodas dianteiras. Esta última função exibe uma referência de qual é a posição das rodas dianteiras com três ângulos diferentes.

Todas as versões cabine dupla possuem agora mais conectividade. Os ocupantes das versões SRX, SRV e SR, diesel e flex, que já usufruíam de um sistema multimídia com tela de 8” sensível ao toque com sistema de navegação (GPS) integrado, TV Digital (últimos dois itens somente disponíveis para as versões SRX e SRV), rádio MP3, câmera de ré, entrada USB e conexão Bluetooth, passam a contar também com conexão para smartphones e tablets através do espelhamento Android Auto e Apple CarPlay.

A versão Standard Power Pack está equipada com display áudio com tela de 8” sensível ao toque com rádio com MP3, entrada USB, conexão Bluetooth e também conexão para smartphones e tablets através do espelhamento Android Auto e Apple CarPlay.

Por sua vez, a versão SRX possui um sistema de áudio JBL premium com seis alto-falantes, 2 tweeters e 1 subwoofer, trazendo ainda mais requinte ao modelo.

Os modelos da linha Toyota Hilux 2021 seguem equipados com motores diesel e flex. No entanto, a grande novidade é o aumento de 15% de potência do propulsor 2.8L 16V diesel, que passa agora a gerar 204 cavalos. 

Além disso, o torque para os modelos dotados de transmissão automática de seis velocidades sequencial também cresceu 11%, gerando agora 50,9 kgfm a 2.800 rpm. As Hilux equipadas com câmbio manual de seis velocidades (Chassi, Cabine Simples e Standard Power Pack) mantêm o torque de 42,8 kgfm a 3.400 giros.

Esse novo patamar de desempenho foi possível com a incorporação de um turbo maior, no qual as pás da turbina estão 25% maiores. Outra melhoria de desempenho foi a incorporação de uma válvula solenoide na direção, que contribui para um andar mais suave em baixa velocidade e que vai enrijecendo conforme aumenta-se a velocidade.

Os engenheiros da Toyota ainda aprimoraram a eficiência térmica e o nível de resfriamento do propulsor 2.8L com redução no atrito entre os materiais. 

As transmissões para os modelos diesel são a automática de seis velocidades sequencial para as versões SRX, SRV e SR e manual de seis velocidades para as versões Standard Power Pack, Cabine Simples e Cabine Chassi.

As versões flexfuel trazem o motor Dual VVT-i Flex 2.7L 16V DOHC, especialmente projetado para o mercado brasileiro. O grande diferencial é a tecnologia de duplo comando de válvulas variável (Dual VVT-i), que atua no gerenciamento dos sistemas de admissão e escape da câmara de combustão, otimizando a queima do combustível de maneira inteligente. As versões flex da picape média apresentam 163 cv de potência a 5.000 rpm, quando abastecidos com etanol, e 159 cv, também a 5.000 giros, com gasolina. 

São três versões dotadas de transmissão automática de seis velocidades sequencial: SRV 4×4, SRV 4×2 e SR 4×2.

As versões diesel SRX, SRV e SR e a versão SRV 4×4 flex da nova Hilux apresentam diferencial de deslizamento limitado eletronicamente (LSD automático). Quando este sistema é ativado, o freio é aplicado à roda com a menor aderência – sem limitar o rendimento de potência do motor – transferindo a força de tração para a roda com a maior aderência.

Todas essas características são adicionadas aos já conhecidos benefícios do modelo, que se destaca pela qualidade, confiabilidade e durabilidade características de um veículo Toyota.

Desde a versão cabine simples, voltada para o trabalho, a Hilux já vem dotada de dois airbags frontais e um de joelho para o motorista, bloqueio do diferencial traseiro (com acionamento elétrico), freios ABS e sistema auxiliar EBD (distribuição eletrônica de força de frenagem) nas quatro rodas, cintos de segurança de três pontos para todos os bancos, com pré-tensionador e limitador de força para o condutor e passageiro.

Além disso, a partir da linha 2021, todo o portfólio passa a contar também com assistente de subida (HAC), controle eletrônico de estabilidade (VSC), controle eletrônico de tração (A-TRC) e luz de frenagem emergencial automática.

Nas versões cabine dupla, tanto diesel quanto flex, a Hilux ainda conta com mais quatro airbags, dois laterais e dois de cortina, sistema universal ISOFIX para fixação de cadeirinha para crianças no banco traseiro e assistente de reboque.

Outra novidade são os sensores de estacionamento dianteiros (2) e traseiros (4) disponíveis nas versões diesel SRX e SRV e flex SRV 4×4 e SRV 4×2. Essas versões ainda contam com sistema auxiliar BAS de assistência em frenagem de emergência nas quatro rodas. As Hilux diesel SRX, SRV e SR também possuem Assistente de Descida (DAC).

No entanto, a maior estrela da Toyota nesse quesito é o pacote de segurança ativa Toyota Safety Sense (TSS), disponível para a Hilux SRX. Este sistema conta com um radar de ondas milimétricas combinado com uma câmera monocular para detectar uma variedade de perigos e alertar o motorista.

As tecnologias incluídas nesse pacote são:

Sistema de Pré-Colisão Frontal (PCS)

O sistema de Pré-Colisão Frontal do Toyota Safety Sense usa a câmera e o radar de ondas milimétricas para detectar veículos que circulam nas ruas e estradas. Se o sistema detectar a possibilidade de uma colisão, ele alerta o motorista por meio de avisos sonoros e visuais e ativa a assistência de frenagem para evitar ou reduzir os danos causados por elas.

Sistema de Alerta de Mudança de Faixa com condução assistida (LDA)

Em determinadas circunstâncias, o Sistema de Alerta de Mudança de Faixa (Lane Departure Alert System – LDA) é projetado para detectar desvios de pista quando as linhas divisórias são visíveis. Ao ouvir e ver os alertas, e depois de verificar que é seguro fazê-lo, o veículo deve ser redirecionado para o centro da pista. 

Este sistema também inclui a funcionalidade de condução assistida. Quando é ativado e se detecta que está se desviando inadvertidamente, o sistema pode aplicar pequenos movimentos de correção no volante para ajudar a manter o veículo na pista. No caso da Hilux, o sistema ainda ajuda na correção de rota aplicando os freios nas rodas do lado em que se deseja regressar para retomar a rota correta de condução.

Controle de Cruzeiro Adaptativo (ACC)

O Controle de Cruzeiro Adaptativo (ACC) é um sistema semelhante ao “cruise control” que permite a condução a uma velocidade constante pré-determinada. O ACC usa o radar de ondas milimétricas montado na grade frontal e a câmera projetada a bordo para detectar veículos, calcular sua distância e ajustar a velocidade para ajudar a manter uma distância predeterminada de veículo para veículo.

As cores disponíveis para a Nova Hilux são: Vermelho Metálico, Preto Mica, Prata Metálico, Super Branco e Branco Perolizado (SRX).

Texto: Sérgio Dias

Fotos: Divulgação

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia

Outros

Aplicativo VPN | Protegendo a sua liberdade online

Portal Hortolândia

Publicado

em

A classificação geral de liberdade online do Brasil diminuiu em 2020. Redes sociais populares como Twitter e Facebook continuam disponíveis gratuitamente no Brasil. No entanto, os serviços enfrentaram pressão para remover determinados conteúdos, como postagens e páginas difamando políticos e candidatos.

O aplicativo de mensagens criptografadas do WhatsApp foi bloqueado no país inúmeras vezes devido à recusas do serviço em cooperar com as investigações do governo e por em causa a liberdade e privacidade de cada usuário.

Netflix, YouTube e outros sites populares de streaming estão disponíveis no país, mas o conteúdo pode ser diferente daquele disponível em outros países. Em alguns países como a China, até a gigante Google já chegou a ser bloqueada.

Os governos também trabalham ativamente para fechar sites dedicados a materiais protegidos por direitos autorais, e o uso de software de compartilhamento de arquivos P2P é ilegal em vários países.

Os Provedores de Serviços de Internet (ISPs) brasileiros são obrigados por lei a reter os registros dos logs de conexão de seus usuários por 12 meses. Seus dados privados no Brasil ao navegar na web, portanto, não são privados; mesmo que você escolha navegar no modo anônimo.

No entanto, os cidadãos e visitantes brasileiros não precisam ter sua experiência online restringida. Usaruma VPN no Brasil protegerá e aprimorará todas as suas atividades online dentro das fronteiras brasileiras.

Uma VPN protege suas viagens online encerrando sua conexão com a Internet em um túnel de criptografia, evitando que qualquer pessoa monitore suas atividades online. Isso inclui seu ISP e governo.

Uma VPN melhora a sua experiência online graças à sua capacidade de atribuir temporariamente um novo endereço IP ao seu dispositivo, fazendo com que pareça que você está localizado em outra parte do mundo.

Isso engana o resto da Internet para vê-lo como estando localizado em outra parte do mundo, abrindo acesso a conteúdos que normalmente só estão disponíveis para residentes daquela região.

Como usar uma VPN no Brasil

São necessárias apenas algumas etapas rápidas para proteger suas atividades online no Brasil. São elas:

  • 1- Escolher um provedor VPN confiável.
  • 2- Instalar o aplicativo do provedor de VPN que você escolheu.
  • 3- Fazer login no aplicativo e escolher o país que deseja acessar.
  • * Selecione um servidor VPN fora do Brasil para acessar conteúdo bloqueado geograficamente localizado fora das fronteiras brasileiras, ou selecione um servidor dentro do país se estiver procurando proteger suas atividades online brasileiras. Se você está localizado fora do país e deseja acessar conteúdo exclusivo do Brasil, selecione um servidor VPN dentro do Brasil.
  • 4- Aproveite a sua liberdade na internet!

Ao escolher um provedor de VPN, tenha em mente os seguintes requisitos:

  • Segurança e proteções de privacidade: Os provedores gratuitos costumam salvar os dados e tráfego dos usuários para posteriormente vender para empresas de publicidade online. É o barato que pode sair caro.
  • Velocidades de download: Outro problema com um servidor gratuito de VPN é que, além de não ter boa proteção, possui vários usuários conectados ao mesmo tempo e deixa as velocidades de download e upload lentas.
  • Suporte de aplicativo e apoio ao cliente
  • Disponível em vários aparelhos e não apenas para PC: Você de certeza que vai querer utilizar o seu smartphone com uma VPN

Nossa escolha é a ExpressVPN porque é um grande provedor versátil, especialmente se destacando por sua enorme rede de servidores global, excelente suporte multi-plataforma e velocidades rápidas, tornando-a uma ótima escolha para streaming de conteúdo internacional.

Com uma VPN você também pode ver filmes e séries de TV exclusivas de outros países, além de partidas de futebol e outros esportes que não são transmitidos no Brasil.

imagem pixabay

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Outros

Como descartar o lixo doméstico nas férias sem colocar o meio ambiente e a saúde em risco

Portal Hortolândia

Publicado

em

Medidas simples como separação e acondicionamento correto dos resíduos podem evitar contaminação e acabar com “ondas de sujeira” nas praias

As imagens tomaram conta das redes sociais e são impactantes: apesar da pandemia, isolamento social e cancelamento de eventos, várias praias em todo o Brasil iniciaram o Ano Novo literalmente cobertas de sujeira. Em um dos registros, realizado pelo Instituto Mar Urbano, a Praia de São Conrado, no Rio de Janeiro, está irreconhecível, com areia e ondas repletas de resíduos, especialmente plásticos. Quando se fala em geração de lixo no Brasil, os números impressionam: só na cidade de São Paulo, são 12 mil toneladas diárias em tempos normais, o suficiente para cobrir toda a extensão da avenida Paulista em uma altura de até 53 metros! E de acordo com a Abrelpe (Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais), houve um aumento entre 15% a 20% na geração de resíduo domiciliar ao longo de 2020. A boa notícia é que com o manuseio e acondicionamento correto dos resíduos durante as férias e no dia a dia, é possível reduzir os riscos de contaminação ao meio ambiente e a ameaça à saúde, individual e coletiva. 

“Reduzir o impacto da geração de resíduos é um desafio que deve envolver toda a sociedade”, destaca o diretor comercial da Embalixo, Rafael Costa. “Nos últimos anos, como líderes na indústria, nos dedicamos a desenvolver produtos recicláveis, biodegradáveis e veganos, além de implementar processos fabris mais limpos e adotar a economia circular em nossas operações”, acrescenta o executivo. “Mas o consumidor sem dúvida tem um papel essencial para que o Brasil atue de forma mais eficaz nesse gerenciamento”, analisa. “Para se ter uma ideia, dados do Movimento Recicla Sampa mostram que só a separação correta dos materiais pelos paulistanos garantiria uma economia de 600 milhões de reais ao ano, com reciclagem de 40% dos resíduos”, aponta. “Aproveitar esse período de férias para colocar em prática procedimentos mais eficazes e seguros é algo simples e que está ao alcance de cada um, mas que vai beneficiar a todos, nesta e nas próximas gerações, evitando que as tristes cenas do começo do ano se repitam”, completa. 

Dicas para descartar corretamente o lixo nas férias e no dia a dia

  1. Separe o lixo orgânico comum do lixo reciclável, conforme exemplos abaixo:

Lixo comum – sobras de alimentos, cascas de frutas e legumes, celofane, embalagens plásticas metalizadas, bitucas de cigarro, esponjas de limpeza, esponjas de aço, algodão, panos, cosméticos, papéis higiênicos usados, papéis toalha usados, fraldas, absorventes, etiquetas adesivas, papéis adesivos, fitas adesivas, papéis vegetais, papéis encerados, papéis impermeáveis, papéis carbono, papéis sujos, papéis revestidos de parafina, papéis revestidos de silicone, cristais e fotografias.

Lixo reciclável – embalagens de refrigerante (pet), embalagens de produtos de limpeza, embalagens de produtos de higiene, embalagens de frutas, legumes e ovos, tampas plásticas, copos de plástico, pratos de plástico, talheres de plástico, canudos, baldes e bacias, sacos e sacolas de plástico, utensílios de cozinha de plástico, escovas de dente, escovas de cabelo, latinhas de alumínio, embalagens do tipo longa-vida, garrafas e outros objetos de vidro, potes de sorvete, óleo de cozinha, produtos eletroeletrônicos e seus componentes, papelão, jornais, revistas, caixas, lâmpadas, cartelas de comprimidos vazias, bandejas de isopor. 

  1. No caso das embalagens de alimentos recicláveis, lave e deixe secar antes de descartá-las para evitar que odores e restos atraiam insetos.
  1. Máscaras e luvas devem ser colocadas no lixo comum, de preferência embaladas em dois sacos para lixo. Nunca jogue no lixo reciclável! Pessoas com Covid-19 ou suspeitas de estarem com o vírus não devem manusear o lixo para evitar contaminação.
  1. Materiais cortantes como latas, palitos de churrasco e vidros precisam ser embalados separadamente do lixo comum. Uma sugestão é colocar esses detritos dentro de garrafas pet e colocar as garrafas dentro do saco para lixo, evitando assim que os coletores possam se ferir. 
  1. Utilize sacos para lixo resistentes e encha apenas dois terços de sua capacidade. Em tempos de pandemia, a recomendação é ensacar os resíduos duas vezes e fechar com lacres ou nós bem fortes.
  1. O óleo de cozinha, depois de frio, pode ser coado e acondicionado em garrafas pet bem fechadas, para ser entregue a cooperativas ou pontos de coleta que aceitem a doação desse material. Quando reciclado, pode ser usado para produzir sabão e até biocombustível.
  1. Fique atento aos horários de coleta e coloque os sacos para lixo no local com apenas de uma a duas horas de antecedência, para que não fiquem muito tempo expostos. 
  1. Eletrônicos devem ser levados aos Ecopontos e cooperativas da cidade que recebem esse tipo de material. Da mesma forma, pilhas e baterias devem ser descartadas em pontos específicos de coleta. Consulte a prefeitura de sua cidade para descobrir os locais mais próximos.

Fonte de dados: https://www.reciclasampa.com.br/ e https://abrelpe.org.br/ 

Sobre a Embalixo

Líder nacional na categoria de sacos para lixo, a Embalixo soma 17 anos de atuação, com duas plantas no Brasil – Hortolândia/SP e Manaus/AM -, contando com mais de 400 colaboradores. A empresa tem a inovação e a sustentabilidade como pilares básicos do negócio, oferecendo soluções exclusivas ao mercado, como o saco para lixo feito de planta com tecnologia que captura a emissão de gás carbônico; saco para lixo com alças; com abas; antibacterianos; com neutralizador de odores; sacos com material reciclado; saco para lixo Vegano; e recentemente lançou o Embalixo Antivírus, o 1. Saco para lixo comprovado eficácia que inativa em 99,999% o COVID-19.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Outros

História do Blackjack: saiba como surgiu este famoso jogo de cartas

Portal Hortolândia

Publicado

em

O Blackjack é um dos jogos de cartas mais famosos do mundo. No cinema, na televisão e nas mesas de apostas, esse emocionante e acessível jogo de baralho é o mais popular nos cassinos espalhados pelos quatro cantos do planeta. 

Também conhecido como vinte e um, é um jogo de cartas para um ou mais jogadores e um crupiê que dirige a mesa, onde cada jogador se reveza competindo contra o crupiê, mas não entre si. O Blackjack é jogado com baralhos individuais ou adicionais de 52 cartas. O objetivo é conseguir a maior pontuação possível, sem ultrapassar os 21 pontos. 

Como surgiu o Blackjack?

O Blackjack evoluiu diretamente do jogo “vingt-et-un” como era chamado na França e “vinte e um” na Espanha durante o início do século 18. O grande autor espanhol Miguel de Cervantes fez referência ao jogo em uma de suas histórias dos anos 1601 e 1602 em que descreveu um jogo de cartas que envolvia jogadores que tentavam chegar a um total de 21 sem ultrapassar aquele total e o ás valia como 1 ou 11.

Há indícios que os romanos, que tinham o costume de jogar entre as batalhas, tenham inventado o jogo que se tornou o 21 usando blocos de madeira. O precursor mais provável do 21 foi um jogo espanhol chamado “Trente-Un” (que significa “31”), que foi citado por um padre em 1440, e era jogado de acordo com os princípios do Blackjack. Ou seja, os jogadores tentam se aproximar de um determinado valor (neste caso, 31) com base no valor combinado de suas cartas, sem ultrapassar o total desejado.

Esta teoria sugere que o jogo 31 provavelmente foi combinado com jogos franceses populares na época, como “chemin de fer” (que se desenvolveu ao longo de um caminho separado do bacará) e gradualmente se transformou em 21.

O auge do Blackjack moderno

Não foi até o início do século 20 que a versão moderna do Blackjack realmente começou a se consolidar. Depois que o jogo foi legalizado nos Estados Unidos na década de 1930, a situação ganhou outro patamar. Os cassinos foram sem dúvidas uma peça fundamental no aumento da popularidade do jogo.

Na atualidade, o Blackjack ganhou um impulso sem precedentes graças ao surgimento da internet e dos cassinos on-line. Agora é possível jogar muitas variantes do tradicional jogo, com regras e bônus para todos os gostos.

Blackjack on-line

A versão on-line do Blackjack segue as mesmas regras do tradicional Blackjack usado nos cassinos físicos. Além da versão tradicional, existem inúmeras variantes como jogos temáticos e de multijogador. No geral, as regras são bem simples e fáceis de aprender. Contudo, dependendo do tipo de jogo Blackjack que está em jogo na mesa, as regras sofrem pequenas variações.

Existem centenas de sites que oferecem a possibilidade de jogar on-line de forma fácil e acessível. O requisito mais importante para poder jogar é ser maior de 18 anos e estar registrado em um site.

Receba as principais notícias direto no seu Telegram https://t.me/portalhortolandia
Continue Lendo

Noticias

Publicidade

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares